Arquivo de etiquetas: amor não correspondido

Acabou…..

Acabou!…
Não podemos continuar neste impasse.
Fazes de mim gato sapato, usas-me como se de uma
peça vestuário se tratasse.
Chega!!
Amo-te. Mas esta relação de amor/ódio não vai terminar bem.
Nos dias em que as coisas te corre bem, és um excelente amante,
amigo maravilhoso, fazes-me sentir uma mulher bonita, desejada.
Mas quando os dias sombrios te assolam, viras um ” cabrão”,
tratas-me com desdém, como se fosse uma mulher de esquina.
Procuras-me só para descarregar a tua raiva.
BASTA!!!
Não sirvo para ser despojo de  ninguém, muito menos de alguém que não me valoriza.
Não sirvo de saco de boxe.
Queres libertar essas energias, vai para um ginásio,
pratica desporto, procura-te.
Busca em ti mesmo o que realmente queres desta relação.
Porque o único desporto, que algum dia poderás ter comigo,
será saber me amar, respeitar como mulher, amante e amiga.
Amo-te e sei que te vou amar sempre.
Sei que não podemos, nem devemos mudar ninguém, que temos
de aceitar como todos os seus defeitos, se gostamos
se amamos.
Mas sei que neste momento, nesta relação é só um amar.
Eu…
Liberto-te deste meu sonho, chegou ao fim.
Mereço ser feliz.
©Lola 2017 #69Letras

O pior é para ti!

O que é que eu faço para te tirar da cabeça se sempre que o tento fazer, o destino não deixa? Foda-se! É tão bom amar e ser correspondido, mas é tão mau quando sabemos que temos de parar de o fazer.. De o mostrar.. De nos obrigar a não sentir..

Mas sabes que mais? Apesar de tudo o pior é para ti! Porque te impedes de ser feliz com quem te dá a loucura, o prazer e o amor! Quem te faz sentir vivo, que te dá a esperança de um dia melhor e não vive o dia a dia como se houvesse amanhã.. Mas sim como se o amanhã fosse hoje!

Sabes o que é isso?! Pois…

Não sabes e infelizmente nunca irás saber.

Annastasia

#69Letras

Prisioneira

Prisioneira..

Nesta rede que é o amor.
Que envolve todos os meus sentimentos sem pudor
e desarma as minhas barreiras, sem dó.

Faz gelar e ao mesmo tempo arder o meu coração,
Neste sentimento desmedido que jurei não sentir mais.

Prisioneira..
Dum amor não correspondido,
dum amor platónico.

Não consigo soltar desta rede,
Sufoco, como uma sereia fora de agua.

Prometi não amar mais, mas tu.. a tua presença
prende-me, tortura-me,
Aprisiona-me…

©Lola #69Letras