Arquivo de etiquetas: AMO

Um poema de amor. Charles Bukowski

7208c117d1db9a5bca18f09862633332

Todas as mulheres
todos os beijos as
diferentes formas que amam e
falam e carecem.

suas orelhas todas elas têm
orelhas e
gargantas e vestidos
e sapatos e
automóveis e ex-
maridos.

na maioria das vezes
as mulheres são muito
quentes elas me lembram
torrada com a manteiga
derretida
nela.

está estampado no
olhar: elas foram
tomadas elas foram
enganadas. eu nunca sei o que
fazer por
elas.

sou
um bom cozinheiro um bom
ouvinte
mas nunca aprendi a
dançar — eu estava ocupado
com coisas maiores.

mas eu apreciei suas variadas
camas
fumando cigarros
olhando para o
teto. não fui nocivo nem
desleal. apenas
um aprendiz.

eu sei que todas têm
pés e descalças elas andam pelo piso enquanto
eu olho suas modestas bundas no
escuro. sei que gostam de mim, algumas até
me amam
mas eu amo muito
poucas.

algumas me dão laranjas e vitaminas;
outras falam mansamente da
infância e pais e
paisagens; algumas são quase
loucas mas nenhuma delas deixa de fazer
sentido; algumas amam
bem, outras nem
tanto; as melhores no sexo nem sempre são as
melhores em outras
coisas; cada uma tem seus limites como eu tenho
limites e nós aprendemos
cada qual
rapidamente.

todas as mulheres todas as
mulheres todos os
quartos
os tapetes as
fotos as
cortinas, é
algo como uma igreja
raramente se ouve
uma risada.

essas orelhas esses
braços esses
cotovelos esses olhos
olhando, o afeto
e a carência eu tenho
agüentado eu tenho
agüentado.

Texto de: Charles Bukowski

Imagem: Via Pinterest

MUSA INSPIRADORA!

received_1208472319186374 (2)

Empresta-me o teu corpo…
Preciso dele um momento…
Quero escrever-te na pele…
Meu doce pensamento…
Nas tuas costas nuas…
Quero escrever um poema…
Fazer-te minha Musa…
O mais belo tema…
Quero escrever minha caligrafia…
Meu Poema nas tuas costas…
Assinar com um Beijo…
Da forma como tu gostas…
És tu a minha Musa…
Que me leva a escrever…
O fogo da minha Alma…
Que tanto quero ter…
Empresta-me o teu corpo…
Quero-lhe sentir o cheiro…
Nele escrever a Poesia…
Que nos leva ao devaneio…
És a minha Deusa…
Num pensamento insano…
Minha Musa Inspiradora…
A Mulher que eu Amo…

POETA SOLITÁRIO

Saudades de Ti!

1530451_1672507046328359_2999750065698954309_n

Tenho saudades… Saudades de sentir o tempo parar, de ouvir apenas o silêncio da batida nos nossos corações a conversarem entre si e debaterem qual de nós é o mais teimoso… Saudades de apenas te ouvir contar como foi o teu dia, onde te zangas e sorris ao te relembrares como foi… Saudades de ouvir o teu sorriso, onde ruidosas e belas gargalhadas se ouvem, onde lábios se abrem de orelha a orelha me fazem sentir o homem mais sortudo á face da Terra… Saudades do teu cheiro, da tua fragância, do teu perfume… Humm.. O teu perfume! Como tenho saudades!! Saudades do brilho dos teus olhos, onde apenas precisaste de 10 segundos para me prender a eles e não mais os querer largar… Saudades de te abraçar, sentir os teus braços, o conforto do teu regaço… Saudades do teu corpo, de fazer amor sem olhar ao tempo nem ao espaço… Saudades de te olhar ternamente e dizer que te AMO com todo o meu querer e desejo…
Mas o que mais tenho saudades mesmo é de Amar… Sentir o meu coração a bater, os meus olhos a brilhar, meu corpo a estremecer, meu estomago a apertar, de fechar os olhos e imaginar que tenho alguém á minha espera, de sentir uma bela fragância… Saudades imensas de fazer Amor…
Foste embora e conseguiste levar isso tudo…

O Vizinho #69Letras