Arquivo de etiquetas: amêndoas doces

E a vontade de te ter dentro de mim começou a invandir-me..

– Hoje acordei com a chuva a bater na janela.
Aquele som maravilhoso, fez-me esboçar um sorriso e vontade de me aconchegar em ti!
Rapidamente o desejo apoderou-se de mim e fui tomar banho!
Ao sentir a água quente a cair sobre o meu corpo, fechei os olhos e imaginei as tuas mãos a percorrê-lo. Comecei a ferver por dentro..
E a vontade de te ter dentro de mim começou a invandir-me..
Quando já não conseguia imaginar mais nada no meio daquela loucura envolta da minha cabeça…
Tocam à campainha!
FODA-SE!

– Ai São Pedro! Chega de mau humor!!!
Queremos sol, cerveja na esplanada e bikinis nos corpos!!!
Todo molhado à porta do teu apartamento sinto o odor saboroso do teu gel de banho que me invade as narinas, e depressa fico-te imaginando nua, de pele húmida e brilhante, me pedindo para a hidratar com aquele creme maravilhoso de Amêndoas Doces… Sim, nada me dá mais prazer do que te ter nas minhas mãos, inteira á minha disposição.
“Olá! Posso entrar?”

– Fico petrificada na porta a olhar para ti, ainda meio húmida em todos os sentidos e com a toalha à volta do corpo..
Só me apetecia dizer-te “Por favor, termina o que a minha cabeça iniciou!”, mas da minha boca só saiu um simples:
“Podes”.
Olhaste-me nos olhos e não os desviaste enquanto entraste. Pegaste-me pelo queixo, roçaste a tua barba na minha pele macia e beijaste-me a testa. Senti o meu corpo a vibrar! Entraste na sala e começaste-te a despir..
“Apanhei muita chuva! Importas-te?”
Deixei cair a toalha e respondi: “Agora não.”

– Esse teu sorriso lascivo e olhar desejoso deixa-me louco!
Caminhas até mim vagarosamente, e a cada passo que dás meu coração acelera e minha libido aumenta…
“Aquece-me nos teus braços…” dizes.
Pego em ti e no meu colo te aconchego, na minha boca te tomo… deitamo-nos confortavelmente no sofá, e enquanto isso olhas-me nos olhos, mordes o lábio e por telepatia dizes “Estava mesmo a pensar em ti.. Como adivinhaste?”
Nada respondo.. Apenas sei que hoje nada nem ninguém nos tira daqui, deste ninho onde frio não entra e a chuva fica lá fora, a bater na janela…

Annastasia
&
O Vizinho #69Letras