DÓI TANTO!

Dói tanto, mas tanto… Conduzir em direcção diferente… E no banco do pendura… Ter-te de mim tão ausente… Dói tanto, mas tanto… Não poder inverter a marcha… Que vontade de te esperar… À porta de[…]

Continue reading …

Vamos aproveitar… abraça-me forte!

Fotografia: Jürgen Vollmer – Paris, 1960   Aproveita esta noite e ouve o quão alto fala o meu coração, mas não uses os ouvidos não, porque ser-te-á tudo revelado num beijo. Vamos sentar-nos frente a frente,[…]

Continue reading …

A noite é testemunha da dor

  A noite é testemunha da dor que carrego no peito, da vontade de ser feliz e não conseguir, das tentativas frustradas de agradar os outros, de querer vencer e sair sempre perdedor. A noite[…]

Continue reading …

Sou uma pessoa e não posso sentir?

A alma parte, o coração deixa de bater e o corpo esfria, e o teu coração fica vazio. E tu, és obrigada a partir também, seguir em frente ‘dizem’. Mas seguir para onde? De repente,[…]

Continue reading …

Deixas os meus olhos fazer amor com os teus?

Olhar. Olhar para ti. Se eu pudesse os meus olhos só te veriam a ti, hoje amanhã, depois de amanhã e todos dias que sucedem a estes. Se eu pudesse nunca mais tiraria os meus[…]

Continue reading …