Arquivo de etiquetas: alucinar

Eu mortal, tu imortal.

image

Olho para ti e ainda não descobri porque tanto me atrais, porque ouvir o teu nome me faz tremer e o meu corpo se dá a ti sem restrições.
Tu e esse teu sorriso deslavado cheio de más intenções são a minha perdição, deixas-me nervosa, perco o raciocínio e a razão porque tu és tudo e mais um pouco do tudo o que não consigo explicar.
Entraste na minha vida mas não vieste sozinho, trouxeste um vendaval de emoções que veio baralhar desorganizar tudo o que sou, o que penso e o que sinto. Aterrorizas-me por isso, deixas-me louca hipnotizada atordoada! Transformas-me na mulher que desprezo, que sempre fugi ser, mas contigo não tenho hipóteses.
Tu és mestre e eu escrava,
eu presa e tu caçador,
tu és colecionador e eu sou artefacto,
eu papel e tu caneta,
tu és poeta e eu inspiração,
eu mortal e tu imortal.
E neste vendaval de tensão tesão alucinação tu és o meu mar, a minha terra, o meu ar, a minha paz e o meu aconchego. Por isso, tal como a uma flor, planta-me no teu lar e vamo-NOS demorar!

 

A VIZINHA

No teu colo o meu desmaio

12304532_1630926407153090_4214649884166563826_o

 

Subitamente
Encostada ao parapeito
Do teu peito
Alucinei pensando…
Ancorei o barco do abraço
No despertar pestanejante
Do teu beijo
Sacudi auroras esvoaçantes
Pingos de chuva alojados
Nos cabelos
Subitamente
No teu colo o meu desmaio
Assim
Alvorada de mim embebida
em calma
Subitamente
no chão, no tapete…
Tive-te…
Subitamente!

Ela