Arquivo de etiquetas: adormecer

É o que me resta de ti.

É quando a noite chega que esta vontade de gritar ao mundo que te amo, mais me consome.
O tempo vai passando mas em nada muda este encanto absurdo que tenho por ti.


Chego a pensar que isto é loucura pura.

Vai-me lá vendo isto, tenho um coração masoquista…


Onde andas tu minha rainha? Porque não é contigo que estou a partilhar a que um dia foi a nossa cama? Há muito que os meus lençóis perderam o teu cheiro e nem por isso eu o esqueci.
Por vezes sonho contigo ao meu lado mas quando acordo volto ao pesadelo que é a minha realidade sem ti.
Não sei se já te disse mas ainda guardo as tuas roupas, como se da minha maior riqueza se tratasse.
E no fundo é… É o que me resta de ti.
As tuas roupas, o teu cheiro, as nossas recordações e este amor que na minha alma se ancorou.
Tenho saudades das noites que passei acordado a ver-te dormir, tenho saudades de adormecer e acordar ao teu lado.
Tenho saudades de te dizer a toda a hora que te amo, tenho saudades de me apaixonar todos os dias, tenho saudades da nossa loucura.


Tenho saudades da minha Mulher! Tantas…!

SilentSoul #69Letras

Acordo a pensar em ti

Adormeço a sonhar contigo.
Acordo a pensar em ti.
Passo o dia a pensar em esquemas para estar contigo.
Porque raio não me sais da cabeça?
Quero-te aqui e agora.
Queres ser meu e eu tua?

Peregrinus #69Letras

ÉS MEU VÍCIO!

received_1211615072205432

És meu vício…
Quando a tua pele me toca…
És meu vício…
No arrepio que esse toque me provoca…
És meu vício…
O Beijo de bom dia ao acordar…
E o Amor que preciso…
Quando chega a hora de deitar…
És meu vício…
A primeira que eu quero ver…
Abraçado a ti…
Na hora de adormecer…
És meu vício…
O licor do meu Beijo…
A chama da minha Alma…
Que arde de Desejo…
És meu vício…
A Paixão que me aquece…
O princípio da loucura…
Deste Amor que apetece…
És meu vício…
Um vício sem cura…
Num vício que vicia…
Na troca da ternura…
És meu vício…
Que me vicia no olhar…
Nesta vontade, tão louca…
Neste Desejo, de te Amar…

POETA SOLITÁRIO

Não sei se já te disse mas dava a minha vida por um abraço teu.

13321643_1705016936410703_6958381069546150838_n

Dava a minha vida por um abraço teu.

As saudades incontroláveis que te tenho, consomem-me cada dia mais.
Ahhh!! O que eu fazia para te ter novamente a meu lado.
Nem eu mesmo entendo este amor incondicional que te tenho.
É em ti que penso ao acordar ou até mesmo antes de adormecer.
É para os teus braços que quero correr quando estou menos bem.
É contigo que continuo a querer partilhar as minhas pequenas vitórias.
É no teu colo que quero estar e sentir-me confortado quando o meu mundo desaba ou quando simplesmente o dia acaba.

Sempre te disse que mais que o meu verdadeiro amor, a minha verdadeira paixão, tu eras o meu porto de abrigo.
Sinto-me tão vazio, tão sozinho, tão incompleto com a tua ausência meu amor.


Não sei se já te disse mas dava a minha vida por um abraço teu.

Chamem-me louco, demente… Mas a verdade é que não consigo libertar-me de ti.
Continuo aqui, doido por ti, capaz de virar o mundo só para voltar a ver esse sorriso e brilho que faziam de mim o homem mais feliz deste mundo e qualquer outro.


Não sei se já te disse mas dava a minha vida por um abraço teu… E se não for pedir muito, por um beijo também.

SilentSoul #69Letras

Podes ir

Podes ir, já te ajeitei o caminho, das pedras que transformei em flores, não precisas o olho franzir porque no teu passo devagarinho o que te cruzas não são amores senão as pedras do caminho que afasto do teu sorrir. Podes ir, já te ajeitei o banho para quando chegares, cansada dos lugares eu numa esponja te acompanho regar te de um sossego tamanho, num gesto em que ao colo te pego para te por a descansar. Podes ir, já preparei o roupão, regulei no teu canal a televisão, aconchego o teu corpo de pirilampo na minha mão fico a teu lado a ver te bela adormecida no campo a dormir e sinto me em paz nessa tranquilidade que a tua presença me traz adormecida a sorrir.

O Inquilino #69Letras

Sonho.

524bd0f860e517ba9a281fb647ceaf2d

Fotografia: Via Pinterest
Sonho ver-te acordar. E estar ao teu lado e ver-te adormecer. Abracar-te e aninhar-me em ti.
Sonho com o teu calor dos teus lábios nos meus e assim despertar. Despertar no teu sabor e amar o teu corpo logo pela manha.
Sonho passear pela casa com o nosso cheiro em mim e preparar o nosso pequeno almoço.
Sonho connosco sentados na cama desajeitados e desalinhados e a comer em silencio. Num silencio cheio de barulho e sabores.
Sonho tanto. E por te sonhar tanto… desespero por apenas te viver em sonhos.

A Vizinha

Reclamo a tua ausência

cf17bd898effef449adcb44969ed0bde.jpg

Fotografia: Via Pinterest

A claridade que rompe da janela do quarto não deixa dúvidas: mais um dia. Mais um dia que desperto e encontro a cama vazia do teu lado.
Lembro-me de abrir os olhos pela manhã e ver-te dormir, enroscar-me ao teu corpo e assim ficar por tempo indeterminado mas agora tudo o que vejo é vazio, é ausência da tua silhueta.
É logo pela manhã que começa a minha luta contra a inércia de continuar na cama, voltar a adormecer e assim te alcançar noutro plano: no mundo dos sonhos.
Mas a vida segue, então respiro fundo e aceito mais um dia sem ti
Não consigo traduzir a tristeza de nunca mais cheirar o perfume da tua pele… o coração encolhe aperta e reclama!
E como reclama a tua ausência!
O amanhecer é então a altura do dia mais difícil de suportar pois afasta-me de ti, ja adormecer leva-me a ti…

A Vizinha