Arquivo da Categoria: Read Mymind

Dia de aniversário I

Dia de aniversário I

“Ficamos combinados?”
Um pouco desconfiado , confirmei com uma curta sms.
“ok…”
Porque não aceitava ir beber o café ou um copo por ai?
Sempre poderia tentar despi-la …
Na casa da mãe onde me queria dar a prenda , seria um stress…
Cuidados nas palavras e nos gestos…
A hora combinada estacionei o carro.
“Cheguei… Desces?”

Continuar a lerDia de aniversário I

Estupidez intelectual!

Por vezes penso trinta coisas ao mesmo tempo 
E não obrigatoriamente bem…
Mas penso!
Ou tento!
E isso não será completamente sem valor.
Penso eu…
Ou seja…
Eu penso que sei algumas coisas. Continuar a lerEstupidez intelectual!

Para que querem amar?

 

O amor é uma chatice!!
Para que raio querem vocês o amor?
Já pensaram que é a paixão que vos arrebata??
Que faz os pés ficaram leves e as borboletas esvoaçarem.
O amor é um sentimento muito mais morno!!
A diferença entre o prato que adoras, acabado de fazer,
ou passado pelo microondas.
É quente, mas não tão vivo no paladar.
A paixão é tes@o a percorrer o corpo.
O simples tocar na pele faz nos vibrar…
São vontades sem racionalidade!!
Pouco pensadas e muito sentidas…
O amor …??
A própria palavra parece que se arrasta…
Até para a dizermos já pensámos…
“Será que é???”
Todos temos certeza do que é sentir paixão!!
O amor nem por isso…
Tem de ser tão explicado e pensado…
Loucura na paixao.
Cuidados no amor.
Dizem que primeiro vem a paixão e a seguir o amor?
Quase como dizer…
“Cuidado que está quente…
Espera que arrefeça…”
Beijar …
Beijar com paixão e tes@o!!
As mãos perdidas à procura de sentir o corpo que nos beija!!
Roupas arrancadas à pressa…
Não sentimos metade da vontade de falar das chatices…
Queremos sentir!
Sentir nos na pessoa que nos acorda o corpo!!
Tocar!!
Ter!!
E o amor??
O amor é tão explicado que até o tempo em que nos amamos é contado quando enfim se esvai….
Para que raio querem amar??
Loucurem-se na Paixão!!

©Read Mymind 2017 #69Letras

Antes arriscar o perder que para sempre quase nada ter.

Saudades de te olhar…
De te desejar.
Despir com o olhar.

Nem o tempo me fez perder
aquele sentimento de querer.
De quase ter…
Sempre tão perto… Continuar a lerAntes arriscar o perder que para sempre quase nada ter.

Help???

 

Dislates de uma “menteZinha

As vezes no meio de tanta troca de opiniões fico emperrado num assunto.
E o cabresto teima em não desempacar da coisa.
Estava eu a destilar beneno sobre ajuntamentos com duas personagens femininas, que se queriam ajuntar em algo(aquilo que os homens estão sempre a pensar) Quando me ocorreu… Gajas f@dem? F@der é aquela coisa da pila que entra na senaita. Ou a senaita que enfia a pila. Para f@der tem de haver pila.

                        Ou não??!

F@der é o coito. Interrompido ou desenterrompido. Qualquer coisa de enterrado. Atão se não há pila há sexo? Ou f@dem? Os gajos f@dem uns aos outros?? Sexo e f@der é a mesma coisa? ide bos f@der é uma orgia de enfianço no rabo!! Certo!!?? Ca merda de confusão!
….. Help!!!

©Read Mymind 2017 #69Letras

As minhas escolhas , são só minhas!

 

À muito que deixei de acreditar em certas verdades milenares.
Que a gasolina não se mistura com o gasóleo…
Que a verdade vem sempre ao de cima.
Ou por exemplo…
Que o que te está destinado homem ou mulher não tira.
Essas tretas…
Nenhuma é verdade.
Ou porque o gasóleo mudou a composição ou porque as mentiras ficaram mais refinadas.
Quem sabe…
Eu guardo a minha verdade.
Tenho um (tenho muitos mais) péssimo defeito.
Não me dou ao trabalho de contar a minha verdade.
A minha visão do momento.
Algumas coisas acho que bastam que em nós estejam certas. Não precisamos que o mundo aceite a nossa versão.
Eu pelo menos não.
Justifico QB a quem achar que devo.
Não penso que seja necessário espelharmos a verdade.
Mesmo que seja só a nossa.
Sim…
Porque a verdade por vezes não é só uma.
Quem em nós acreditar ou que nos conheça verdadeiramente dará sempre o benefício da dúvida.
Se assim não for, é porque não nos conhece verdadeiramente.
E para conhecer terá de ser próximo.
E a esses…
A esses basta que nos sejam próximos…
A verdade dos outros não tem de ser a minha.
As minhas escolhas não têm de ser as vossas!!!

©Read Mymind 2017 #69Letras

Sabem o que é perder o que tem sabor a certo?

 

Vocês não sei se sabem…
Mas eu sei!!
Sei o que é perder o que já foi meu!
Não é perder qualquer coisa!
Qualquer namorada ou
mulher que já tivemos.
É perder o que sentimos como certo…
Deixar escapar pela mão que abrimos de livre vontade!
Ninguém nos abriu a porta!
Fui eu que a mantive aberta!
Até que o vento frio da vida a bateu!!
Forte e sonora!!
Trancando os meus dedos nas suas frinchas , para que a dor não me deixasse esquecer…
Não será tanto a dor…
Acho que a saudade não é uma dor…
Será talvez um sentir de vazio.
A falta do que nos preenchia.
Uma ausência de sentimentos felizes que nos deixa um buraco nas entranhas…
E por vezes…
A porta ainda se move…
Por muito que eu a deixe fechada…
O trinco ainda bate um pouco nas suas folgas que tão bem conheço…

©Read Mymind 2017 #69Letras