Arquivo da Categoria: É preciso falar de SEXO

Amizade com “benefícios”. Sim ou não?

Porque é preciso falar de sexo e porque é terça-feira, cá estou eu!
Desta vez, venho partilhar com vocês um estudo realizado por Heidi Reeder, da Boise State University, nos Estados Unidos, que conclui que 76% dos casos em que amigos têm relações sexuais, a sua amizade fica fortalecida.
Dos 300 entrevistados, cerca de 20% dos homens e mulheres afirmaram já terem feito sexo pelo menos com um dos seus amigos.
Incrivelmente ou não, 76% afirmaram que a amizade melhorou desde esse momento.
Ora, isto põe por terra a ideia mega romântica de que sexo fora de um relacionamento cheio de corações, flores e outras-coisas-fofinhas, leva ao desgaste emocional e consequentemente ao fim da amizade.

A meu ver, para quem souber e conseguir separar as coisas esse desgaste acaba por não acontecer. Ninguém deve nada a ninguém, logo nada melhor que uma sessão de sexo para aliviar o stress do dia a dia. Agora se uma das partes de apaixonar… É que a coisa complica!!! Começa-se a querer as tais flores, os tais corações, palavras bonitas, atenção, começam os ciúmes… E por aí fora!
Ainda assim, mesmo estudo revela que 50% acabou por começar a namorar com o “amigo com benefícios”. O amor acontece, não é verdade?

E vocês o que dizem? Sim ou não? Melhora ou piora a amizade? Seriam capazes de ter um relacionamento assim?

Contem-te tudo!

Kiss kiss, Aphrodite

 

 

Fonte: http://activa.sapo.pt/

 

 

Homens & Sexo oral

Porque é preciso falar de sexo, cá estou eu!

E hoje trago um tema para discutir com vocês, que me deixou quase quase chocada. Ora então, um estudo realizado por uma empresa chamada Sex Wipes, revela que 43% dos homens não gosta de fazer sexo oral à sua parceira. Isto é uma tragédia, a meu ver!
Portanto, se me está a ler e faz parte destes 43% continue a ler por favor! Os outros 57%, continuem a ler também porque vão gostar de ter noticias sobre a vossa saúde. Ah pois é!!!
Bom, continuando… As causas apontadas para não o fazerem, ou o evitarem fazer às suas companheiras, são nada mais nada menos que………. O sabor, o cheiro, os pelos, a vagina não ter uma beleza apelativa, medo de contrair doenças e até questões religiosas. Dá para acreditar nisto?
Eu cá acho que isto é tudo uma questão de comunicação e intimidade, neste caso falta de ambas!
Até porque e agora muita atenção ao que vou escrever… Outro estudo realizado por um grupo de investigadores da State University of New York, nos Estados Unidos, revela que fazer sexo oral faz bem à saúde!!!! Tanto de quem recebe como de quem o faz! Isto é quase como que juntar o melhor de dois mundos, ou não é?!
Reduz o stress, a ansiedade, relaxa, melhora a qualidade do sono e claro, da intimidade também! Isto acontece porque são libertadas hormonas que fazem maravilhas pelo nosso corpo e segundo consta vão até prevenir algumas doenças.

É preciso mais razões para fazerem sexo oral às vossas princesas?

Sejam saudáveis!!!

Kiss kiss, Aphrodite

Fonte: https://catracalivre.com.br

Doces & Sexo

1165c738892de40c49e6e09c55fd981d

3,2,1….

Vamos lá!

Início hoje uma nova rubrica 69Letras, porque é preciso falar de sexo! Ora então e assim sendo, todas as semanas, estarei aqui com um estudo ou um tema para analisar, esmiuçar e fazer(-vos) perguntas (in)discretas.

Quem se atreve a responder é o que vamos ver!

E como estamos numa época em que tanto se fala de alimentação vou começar por aí mesmo.

“Vontade de comer doces pode ser sinónimo de falta de sexo”

Quem o diz é Jena La Flamme, professora de sexologia e especialista em ajudar pessoas a perder peso com “prazer”. Espertalhona a senhora, hã?
Segundo ela, se o nosso corpo está privado do prazer sexual tem que procurar prazer em outras coisas e  é fácil preencher esse vazio com comer.
Faz sentido, certo? Se não há o bem bom, temos que afogar as mágoas em alguma coisa! E nós mulheres somos boas nisso, diga-se de passagem!

Portanto, na minha opinião é fácil compreender isso, pois o açúcar presente nos doces transmite uma sensação de prazer ao nosso cérebro, já que aumenta a produção de serotonina, que é uma das substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar e prazer. Não é à toa que quando comemos um doce só apetece comer mais e mais… Mesmo que a vontade não seja comer doces e sim outras “porcarias”, realço o facto de quase todas essas coisas terem bastante açúcar na sua composição, mesmo que se tratem de salgadinhos e afins. São pequenos truques para tornar as coisas saborosas e quase viciantes.

Contudo, para Jena La Flamme é possível aliar o prazer sexual à perda de peso, não só pelas calorias que se perdem durante o ato em si, mas também porque uma vida sexual ativa e satisfatória, diminui a vontade de “porcarias”.
Eu cá concordo em absoluto!

E agora eu pergunto:

Andam por aí a comer muitos doces ou a perder peso com muuuuuito prazer?

Vá, contem-me tudo!!!

Kiss kiss,

Aphrodite ** #69Letras