Arquivo da Categoria: Poeta solitário

Jantares da 69 Letras

Texto Erótico | M18

Neste texto ficou bem patente de como são os jantares dos moradores do prédio da 69letras.
Hoje foram todos desafiados pelo Vizinho a escrever olhos nos olhos e o resultado foi um misto de tesão, desejo, vontades e prazeres. Ainda se tentou colocar ordem mas foi impossível… Estava tudo ao rubro! Continuar a lerJantares da 69 Letras

DESTINADA!

Se não me estás destinada,
Prefiro morrer aqui,
Não lhe posso chamar de Vida,
Se tiver que a viver sem ti!

Se não me estás destinada,
Porque cruzaste o meu caminho?
Desde que te conheci,
Que não sei viver sozinho!

Se não me estás destinada,
Porque a vida me provoca esta dor,
Prefiro morrer a te perder,
Não sei viver sem o teu Amor!

Preciso de ti,
Como do sangue que me percorre o corpo,
Se não me estiveres destinada,
Sentir-me-ei tão morto!

Não me perguntes como sei,
Mas sinto que me estás destinada,
Sem ti não sou vida, não sou pó,
Não sou Alma, não sou nada!

Se não me estás destinada,
A minha vida deixa de fazer sentido,
Só contigo a meu lado,
É que eu me sinto vivo!

Que me cortem as asas,
Se não me estiveres destinada,
Pois sei que no dia que te perder,
Minha vida estará acabada!

©Poeta Solitário 2017 #69Letras

TUDO PODE ACONTECER!

Hoje gostava de adormecer aconchegado
Na rebeldia dos teus cabelos
Viajar na tua pele, sedosa
Que me arrepia os pêlos.

Gostava de ouvir, baixinho
O sabor dos teus beijos
Ler as frases que escreves, na mente
Que despertam-me os Desejos.

Gostava de viajar nos teus sonhos
Sem rumo ou direcção
Abrigar-me no brilho dos teus olhos
Habitar no teu coração.

Gostava de abraçar o teu perfume
Respirar o teu abraço
Saber que este Amor, Amor
É mais forte que o aço.

E se achas impossível
Tudo o que acabei de escrever
Digo-te que no Amor Verdadeiro
Tudo pode acontecer!

 

©Poeta solitário 2017 #69Letras