Estou maluco, sim, por ti

Estar apaixonado e estar maluco. Ou… Estar apaixonado é estar maluco. Ambas servem. As coisas que fazemos quando este sentimento nos invade. Programamos coisas passo a passo, com o maior cuidado e requinte. Somos sublimes[…]

Continue reading …

A distância que me dá sede

Será sede a mais? Não há dia que não acorde de boca seca ansiando a tua. São precisos precisos mais quantos dias nisto? Parece um castigo. De uma forma ou de outra estamos sempre num[…]

Continue reading …

Um dia acordarei contigo

Corremos contra as circunstâncias e contra o tempo. Ingrato diria eu. Ainda assim torna tudo tão mais intenso que o normal. Tão natural, tão ardente. Queima, sente-se. Talvez a demora, os imprevistos aconteçam por algum[…]

Continue reading …

Faltavas-me

| M18 | Maiores 18 | Faltavas-me e eu disse-to. Precisava desse sentir que tu me dás, dessa viagem onde me levas cada vez que me pegas.. Eu sei que devíamos parar, devíamos saber regressar[…]

Continue reading …

Nostalgia

Ao passar por certos espaços é inevitável não me relembrar. E as vezes nem só os espaços. Cheiros, sons, vícios, musicas, filmes, tanta coisa. Poderei afirmar que é algo negativo? Não sei. Positivo? Não sei[…]

Continue reading …

Soldado

Lá íamos nós marchando ao sabor da canção, focados e ansiando o que ia vinha. Querendo ou não o dever chamava por nós e agora era tarde para pensar em fugir ou regressar. Foi o[…]

Continue reading …

Uma aventura que ainda agora começou

Faz hoje um ano. Um ano que me aventurei nesta caminhada da escrita, neste mundo de sentidos e sentimentos. A cada dia que passa sinto-me cada vez melhor naquilo que faço é porque o faço.[…]

Continue reading …