M18 | Um sonho…em breve realidade!

  Numa tarde de outono, agora acabado de chegar, com aquele friozinho típico e com a chuva que não dá tréguas por agora. Uma chuva que nos dá vontade de estar deitados no sofá a[…]

Continue reading …

Odeio despedidas | Um texto do Anónimo!

Simplesmente odeio e não sei lidar bem com elas. Prefiro um “até já” ou “até breve”. O teu novo trabalho levou-te temporariamente para longe de mim, para as tuas origens e o vazio voltou. Aquela[…]

Continue reading …

M18 | Visita de médico | Por: Deusa Isthar

    Acordei a pensar que estavas a bater à minha porta e que a tua visita de médico ia começar. Fui tomar banho e juntaste-te a mim e começaste a passar-me a esponja cheia[…]

Continue reading …

Prometo não causar distúrbios nem fazer barulho

Já foram tantas as vezes que disse adeus e vi partir que já me deveria ter acostumado com as separações, mas parece que cada vez me custa mais deixar ir quem me ilumina. Talvez por[…]

Continue reading …

Foram mágicas aquelas primeiras vezes de tudo

Nunca havíamos vivido aqueles momentos mas eram-nos tão cúmplices que pareciam repetições como se fossem primeiras vezes repetidas vezes sem conta quando na verdade éramos virgens em tudo o que vivemos um com o outro. […]

Continue reading …

De manhã?  De manhã é que é bom

Gosto tanto que desde que se tornou rotina já não consigo passar sem. Se por algum motivo não o tiver o meu dia fica totalmente do avesso principalmente o meu espírito, tal é o vicio.[…]

Continue reading …

Foi em ti que pensei  enquanto  me toquei…

Passei o fim de semana inteiro a ouvir aquela musica que gostas, aquela que todos os dias escutas sentado ao meu lado e sem saberes que a conheço tão bem espreito-te pelo canto do olho[…]

Continue reading …