Misses Kat por aí

#Misseskat 

Oi malta gira como vai isso???

Espero que estejam bem e de energias em altas.
Como alguns devem saber, caso tenham visto uma publicação minha no início deste mês, festejei o meu aniversário numa cidade que amo de coração pois tive a oportunidade de a chamar de casa durante uns tempos no início da minha vida adulta. 🙂
Cidade essa que é a bela Barcelona.
Fui lá passar uns dias e matar saudades. Aproveitei para ser turista e passear mas como fui muito bem acompanhada aproveitei para ver coisas que não tinha visto. E achei que uma delas poderia vos contar, aquela malta por lá é muito mais liberal, então não é que em plena Rambla existe um Museu erótico! Tinha de lá ir como é óbvio, a entrada foi 9€, super em conta tendo os preços de lá. Sim, porque dois cafés em média são 3.20€, logo acho que 9€ por entrada num museu super divertido está ótimo. A nível de localização não podia estar melhor, e é fácil de dar com ele. Uma curiosidade: de tarde costuma estar uma moça vestida de Marilyn Monroe na janela a seduzir a Malta que anda a passear para entrar no museu .
Pelo que percebi é o primeiro museu de arte e cultura erótica. Niceeeee!!
Aprendi algumas coisinhas mas a maioria já sabia porque este assunto é algo que sempre me fascinou.
Têm uma colecção com mais de 800 peças de valor histórico e podem crer que é uma visita didática mas sem perder a piada.
Vejam lá que até têm coisas giras como rabos e maminhas daquelas realistas para a malta mexer.
Eu aproveitei e fartei-me de dar palmadonas naquilo tenho que confessar o barulho que faz é bem melhor que bater num rabinho real.
Tinham uma zona lounge com um jardim interior para fumadores.
O que para mim foi ótimo, abanquei o rabinho e ainda assisti a um filme pré histórico, lol, desenhos animados pornográficos.
Outra zona que gostei foi a parede do Guiness, pude até mexer numa replica do maior pénis ehehhe.
Tem 24 cm murcho e erecto uns valente 34 cm , credoooo coitado do moço andar com aquilo ali pendurado.
Outro recorde fantástico pertence a uma americana então não é que a mulher conseguiu ingerir quase um litro de sémen!!!
Ahhhhh pois é bebé, haja estômago.
Eles colocaram uma nota que eu já sabia mas partilho com vocês.
Sabiam que o sabor do sémen pode ser alterado com a ingestão de frutas?!
Sim, fica mais docinho, por isso toca a comer kiwis, mangas e morangos ehehhe.
Como devem adivinhar a minha zona favorita do museu é a dedicada ao sadomasoquismo.
Tirei umas fotos engraçadas e tinham lá um bicho cheio de glitters.
Não me perguntem porque estava lá e o que raio tem a ver com o BDSM mas tinha trela por isso tive de pegar nela e montar o animal.
Fiquei com vontade de o trazer para casa e usar como decoração para a minha sala.
Tinham tanta coisa gira como os primeiros vibradores, dildos gigantes epah só visto.
Até máquinas que mais pareciam construídas na época medieval para torturar mulheres.
Se forem a Barcelona não deixem de lá ir, vale muito a pena assim como visitar as sexshops fantásticas que pôr lá têm.
E é assim cambada, hoje fico por aqui. Vou deixar fotos lá do museu no nosso blog, podem ir espreitar na rubrica #conversassemmordaças
Uma beijoca boa e gorda da ©MissesKat #69letras

Deixar uma resposta