Bdsm e o amor.

Hello gente gira como vai isso?!
Bora lá falar de taradices e afins que é pra isso que aqui ando, manter os níveis de kinkalhada estáveis.
Então esta semana nas conversas sem mordaças resolvi falar sobre amor no BDSM, ahhhh o amor coisa maravilhosa até deixar de ser lol.
Então andava eu na minha vidinha na altura que tinha perfil alternativo no facebook a falar com submissos, Dommes e Dom´s deparei-me com uma situação que também me faz confusão em contexto baunilha muito mais me fez sendo praticante de BDSM.
E nada mais é que Amor tipo instantâneo.
Sabem aquele tipo quando uma pessoa acha que ama e está apaixonado por um ideal ou algo que possa vir a ser maravilhoso mas nem se dão conta que mal conhecem a outra pessoa?
Pois é tipo isso.
A verdade é que conhecer gente nova é sempre muito bom e tal e coisa arranjar uma Dona ou um Dono é tipo quase sair a sorte grande e a aproximação.
Então existe uma tendencia a confundir a relação de devoção e entrega com amor.
Eu até compreendo que isso aconteça e pahh quem sou eu pra dizer que não existe amor à primeira vista.
Mas é realmente fácil uma pessoa se deixar levar, mas isso é muito perigoso ao meu ver e reparem numa coisa uma Submissa que não seja Brat ou Sam entrega-se de corpo e alma e faz tudo para dar prazer ao seu Dono/a não reclama, não tem vontades ou grandes quereres é assim que á partida a coisa funciona.
É fácil um homem se apaixonar por alguém assim, subserviente ali à disposição dos seus caprichos e desejos.
Não reclama e não argumenta lol opahhh agora vendo bem por este prisma acho que quero virar lésbica e namorar com uma submissa hihih, brincadeira.
Voltando ao assunto o mesmo para uma Top que se deixe levar pelo encanto que é ter alguém que a função principal é tratar como uma Rainha.
Isto para dizer que é fácil muito fácil confundir tudo e apaixonar-se perdidamente devido à intensidade que é ter uma relação deste género.
Mas felizmente a maioria tem a cabeça no sitio e não cai de cabeça assim e separam bem as coisas.
A parte mais importante para mim é conhecer-mos as pessoas de verdade e não alter egos ou personalidades criadas que mais parecem saídas de livros.
Atenção que conheço casais que se formaram por causa do BDSM aliás eu sou um deles lol, mas pra minha defesa o meu submisso é uma pessoa incrível e que me ama pelo que sou mesmo com os defeitos que tenho e acreditem tenho muitos.
Ele complementa-me como mulher e como Domme ajuda-me todos os dias a ser uma pessoa melhor e é um choné de primeira logo tem montes de pontos a favor lol.
Mas não o conheço de hoje e felizmente consegui mostrar-lhe a pessoa que eu sou e vice versa, se tivéssemos ficado apenas por Dominação e Submissão tínhamos perdido muito e deixado passar ao lado o que temos hoje.
Bem esta é a minha opinião pessoal, lamento se irritei alguém.
Fiquem bem tesudos uma beijoca © MissesKat #69letras

2 comentários a “Bdsm e o amor.”

  1. É engraçado este artigo ter surgido hoje, o dia em k me apercebi k a pexoa k eu idealizava como o meu futuro marido, a única pessoa com kem me identifico, não aceita a minha sinceridade, ñ me aceita como sou! Ele não gostou do k lhe dixe e cortou p sempre qq tipo de comunicação comigo. Não axam demasiado radical da parte dele? E k tal conversar comigo sobre o k lhe aflige?? Fikei de rastos…

Deixar uma resposta