Rendição

Não preciso que te rendas aos meus encantos,
Simplesmente quero que te submetas às minhas vontades, meus desejos.
As tuas provocações diárias,
a tua roupa justa a delinear
cada curva do teu corpo,
Chegou ao fim.
Vais-te ajoelhar perante mim,
Despojada de toda a tua nudez,
De mãos atadas,
Vais-me deixar admirar esse corpo
Demoníaco, que me priva da minha
Sanidade mental, que entorpece todo
O meu corpo.
Desejo sentir as minhas mãos
Marcadas na tua pele, 
Morder esses lábios carnudos,
Até os sentir a latejar,
Deita-te é uma ordem!
Quero ver o teu corpo,
Ouvir os teus gemidos
De êxtase, 
Cada vez que a floopper
Tocar a tua pele
Não vale a pena resistires,
Submete-te à minha vontade,
Pois esse é o meu desejo,
Ver o teu olhar brilhar
E o teu corpo vibrar
És minha….
©Eden 2017 #69Letras

Deixar uma resposta