Que gozo me deu ouvir-Te “ÉS MINHA!”

CONTO ERÓTICO M|18 🔞

Tiveste um dia cheio de reuniões e formações,
ao final do dia um jantar…

Ficou combinado eu ir ter contigo a Lisboa, ao hotel onde estavas hospedado!
Quero-te longe de tudo e todos … só meu!
O Jantar alongou-se demais … comecei a achar que teria feito a viagem em vão,
tão raro conseguir uma saída assim do meu mundo para vir ao teu!
Finalmente, quase meia noite e ligas a dizer que estás despachado!
A minha voz tensa apenas diz que venhas a voar, ter comigo ao Hotel!

Ao chegar envias uma mensagem a dizer que estás na recepção,
na mensagem de poucas palavras, frisas que desça para te ir buscar!!
Estranho !! O Hotel tem a reserva em nome dele, porque raio quer que desça??!
Enquanto o elevador descia a minha respiração acelerava.
De vestido simples,leve e esvoaçante … cabelos soltos e faces rosadas , efeitos visíveis do nervoso miudinho da ansiedade de te ver!
Já os efeitos invisíveis eram o monte de borboletas soltas no estômago que levantaram voo com a mensagem de me fazer descer à recepção!!

Saí do elevador, aparentemente calma, os meus olhos não pararam até Te ver ao longe.
Cheguei perto de ti e cumprimentaste-me com dois beijos!
Colocaste-te a meu lado e seguimos de volta ao elevador que me trouxe!

As portas do elevador fecharam-se, num flash rápido senti a tua mão subir pelo meio das minhas pernas,
querias ver se tinha trazido lingerie… deduzi … sorri e corei !!

Íamos para o andar (5º) mas marcaste o (4º) andar e ao marcar olhaste-me de forma a que entendesse a tua intenção!
Até chegarmos ao (4º) andar não me tocaste, nem tão pouco nos beijamos!!
Aliás, coisa que me irritou já ao chegar junto de ti !!
Eu de sorriso aberto e pronta a abraçar-te e tu muito formal, senti que faltou colocar-me uma trela !!!
De repente voltas a colocar a tua mão no meio das minhas pernas e tiras-me as calcinhas que ficaram no chão do elevador.

Ao chegar ao (4º) andar, dás-me a mão e puxas-me até às escadas de serviço,
Abres a porta e puxas-me para dentro. A porta fecha-se.

Pegas na minha mão e fazes-me agarrar o teu sexo!
Querias que sentisse a tua tesão e o desejo que trazias em possuir-me ali mesmo.
As minhas cuequinhas tinham ficado no elevador, só de pensar !!
E se alguém as encontrar … um pouco molhadas do meu desejo e de toda aquela tesão do momento em que mas tirou!!

Com aquele pensamento a confundir-me e a excitar-me ao mesmo tempo e a minha mão a acariciar-te o sexo, olhei no teus olhos e li o teu desejo …
Não !!! Ali ???! Se já estava corada fiquei pior ….
Senti um misto de medo e vergonha,
mas ao mesmo tempo a tesão de ser vista por alguém com “ele” na boca
excitou-me ainda mais!
Cedi à pressão da tua mão no meu ombro e ajoelhei-me ali mesmo nas escadas!
O teu sorriso era visível apenas no olhar, aquele ar de vitorioso pelo acto e o de ansioso em me teres no teu desejo!

Inclinaste-te e beijaste-me …. sentia-me gelada ….
A tua língua entrou na minha boca, saboreou-me e lambuzou-me a criar saliva,
enquanto o tiravas para fora das calças!
Colocaste-o na minha boca…
Chupei,
Lambi…
E as tuas mãos, sempre irrequietas entraram pelo meu vestido e apertavam com firmeza os meus mamilos… duros!
Aquela dor saborosa que nos dá ainda mais tesão….
Estava molhada e quanto mais te chupava, mais quente e húmida ficava.
Tu sentias o estado em que me estavas a deixar, o teu sorriso deixou de ser só exclusivo do olhar, esboçavas um desejo bom no teu rosto todo …
Ouvimos uma porta a abrir… quis parar e tu não deixaste!!
Voltou a sensação do medo e vergonha, não iria permitir que me vissem assim!!

Levantaste-me e respirei de alívio ….
Mas …. viraste-me para me apoiar nos degraus com as mãos assim de joelhos e o meu corpo estremecia ao sentir e ouvir vozes e passos a descer na nossa direção!
Tu querias… eu queria !!
Tu desejavas… e eu também
…Senti assim e possuíste o meu corpo ali!
Sussurraste-me ao ouvido…
-És Minha…!!! Tão minha …. só minha!!!

O som das pessoas cada vez mais próximo e o medo de ser vista confundia-se com o desejo, quis parar de novo … estava corada sem fôlego!
Não deixaste ??!!!
Senti-me agarrada pelos cabelos , louco de tesão a aumentar a intensidade com que me f@dias….
Chegaste de novo ao meu ouvido a sussurrar embalado no movimento …
-Vou usar-te… agora és minha… a minha “P@ta”….

Gelei …. pensei a vergonha que iria sentir à passagem das pessoas que sentia mesmo ali !!
Mas rapidamente paraste e puxaste-me para ti …
Encaixada por ti no teu abraço e beijada tão intensamente, todos os receios de vergonha e medos desapareceram !

Demos as mãos e subimos as escadas,
entretanto cruzamo-nos com um casal que descia, eu estava corada…
e os nossos rostos denunciaram-nos!
Ao passar eles sorriram, certamente perceberam o que tinha acabado de acontecer…
Mas ….isso não interessa.
Senti-me protegida e ninguém me viu ser Tua!
E fui Tua …. como sempre quis ser!

Que gozo me deu ouvir-Te “ÉS MINHA!”

©My Sighs 2017 #69Letras

Deixar uma resposta