Podia ser um fado…

É tão triste este meu fado.
Toda esta enorme sina.
Que canto num grito abafado.
De mulher mas tão menina.

É tão triste a minha dor.
O viver nesta ilusão.
De um dia encontrar um amor.
Que me leve pela mão.

E é com tristeza que canto.
Os males da minha vida.
Que guardo num longo pranto.
Onde tudo é desencanto.
E não encontrar saída.

É tão triste o despertar.
E não te ter ao meu lado.
Seria um doce acordar.
Porém só imaginado.

É tão triste o não te ter.
Esta minha amarga dor.
De menina e mulher.
Que se rende ao amor.

E é com tristeza que canto.
Os males da minha vida.
Que guardo num longo pranto.
Onde tudo é desencanto.
E não encontrar saída.

© Miss Kitty 2017 #69Letras

Deixar uma resposta