Auto Estima

Olhas-te todos os dias ao espelho e inconscientemente recriminas-te, rebaixas-te porque não és bonita o suficiente,
que o teu corpo tem curvas, mas não tem cor.
Sempre que te vestes, achas que estás um saco de batatas.
Não te sentes com energia.
Sem vontade de conviver, de sair.
Quem te ama aponta-te todos os teus defeitos,
mas esquece-se das tuas virtudes,
Sentes o chão a fugir debaixo dos pés.
Pensas que já perdeste tudo,
A tua alegria, a tua forma de ser,
Todos os teus sonhos destruídos.
Será que valerá a pena estares com
Alguém que não te estima, que não te respeita como ser humano, que te menospreza, para seu bem estar.
Para justificar os seus actos insólitos.
NÃO!
ERGUE ESSA CABEÇA!
Olha bem para o espelho, mas olha até encontrares a tua alma.
O que vês?
Uma mulher jovem, bonita,
Com uma luminosidade inigualável no olhar
Uma mulher de personalidade forte, afável
Divertida, de poucas palavras,
Prestável e com muito amor para dar a quem o merecer.
Faz as amizades que achar necessário à sua existência
Esta és tu! Não deixes que te digam o contrário.
Não deixes de ser quem és por alguém que te quer moldar à sua imagem.
Não percas o teu brilho que te faz única.
©Lola 2017 #69Letras

Deixar uma resposta