Talvez um dia….

Talvez um dia… eu seja capaz de te dizer o quanto adoro ouvir a tua voz a sussurrar bem perto do meu ouvido e que o meu coração bate descontroladamente sempre que penso em ti!

Talvez um dia eu seja capaz de te demonstrar olhos nos olhos, tudo o que desejo por ti tudo o que me provocas e o quanto eu quero viver ao teu lado… no durante em que estás comigo…

Talvez um dia…. Repares que o que sentimos é real e, ao mesmo tempo único, pela sintonia e intensidade em que sabemos que vibramos e, sentimos mesmo distantes.

Pois, quando estamos próximos, bem… nem que tentasse nunca conseguiria descrever.

A velocidade com que tenho pensamentos lascivos… e doces… me percorrem o corpo deixando um rasto iluminado de tesão e loucura.


Talvez um dia… Eu não passe de uma memória da tua vida… onde tenho a certeza… que o vazio continuara a ocupar um espaço onde deveríamos ter estado  juntos, usufruindo de todo este uníssono de desejo.

Talvez um dia…, Eu descubra o porquê de eu não ser o suficiente, para que viesses correr para os meus braços, sempre que a vontade e a saudade se transformaram em sede de nós.

Talvez um dia eu não passe de mais uma…

Talvez esse dia já chegou e eu estava adormecida ainda pelo teu toque na minha alma….

Talvez um dia… eu acorde… e tu estás ali bem ao meu lado… sorrindo… abraçando-me… a olhar para mim numa manhã fria de inverno…

Talvez um dia eu deixe de acreditar…
Talvez um dia eu descubra a dura realidade em que vivo… onde não existe a pessoa que me saiba entender e respeitar

Talvez um dia… a vida seja tudo o que fizermos dela….

Talvez…. um dia… não exista um talvez….

 

 

©Musa 2017 #69Letras

Deixar uma resposta