Sonho ou realidade?

Texto Erótico |M18

Em conversa durante o final da tarde deixaste escapar que irias ficar a dormir num hotel perto de mim pois estavas cansadíssimo e tinhas que voltar de manhã cedo, por isso decides nem ir a casa.
Deixaste-me logo com a imaginação a fervilhar, a tentar arranjar uma maneira de te surpreender pois sei que estarás sozinho e não quero deixar escapar a oportunidade.
Com muito esforço consigo escapulir-me sem ninguém dar por isso, meto-me num táxi em direcção ao hotel a tentar discorrer uma ideia para conseguir entrar no teu quarto sem que te apercebas, mas acabo por perceber que vai ser difícil…
Como sou apologista da sinceridade, decido fazê-lo. Ao chegar dirijo-me à recepção e sou atendida por uma miúda simpática à qual conto o meu plano. Por momentos fica corada e diz-me que quem lhe dera ter um namorado assim, que a surpreendesse, como que se ficasse solidária comigo, e entrega-me a chave do teu quarto, pelo que lhe agradeço.
Quando chego abro a porta devagar, sem fazer barulho nenhum, estás ferrado a dormir, tranquilo, não te quero assustar. Dispo-me e deslizo com cuidado por baixo dos lençóis, até ter a tua pele na minha e sentir o teu corpo estremecer.
De repente e a custo abres os olhos e perdes-te no meu olhar, meio assustado e incrédulo, mas com um sorriso, como que de agradecimento por ser um sonho que ganhou vida, ou seria só mesmo um sonho?
Leio-te os pensamentos e beijo-te para te serenar e é tão bom poder sentir o teu gosto, o cheiro que a tua pele emana e o toque, tantas vezes imaginado com intensidade quase real.
Quase automaticamente as tuas mãos percorrem-me o corpo, descobrindo, explorando lentamente cada pormenor, saboreando o momento nesse beijo que não conseguimos parar, até que decides que precisas de sentir o meu gosto e perdes-te em mim, deixando-me molhada e tão desejosa de ti.
Com um único dedo tocas-me, sentes toda a humidade que liberto e provas levando-o à boca e dando-me um beijo de seguida com o meu gosto em ti. És tão à minha medida… É sem duvida o gesto que considero mais íntimo, e mais intenso, toda esta partilha torna-se aterradoramente sensual e provocante pelo que te faço o mesmo, provo-te, cada gota que não consegues conter, cada centímetro, cada saliência e brinco com a língua em tom de provocação, até não aguentares mais.
Sentas-te na cama e puxas-me para cima de ti enquanto te beijo, ao teu colo lentamente entras dentro de mim e abraças-me com força. Sinto-te, preenches-me e, entre toques e gemidos cada vez mais intensos, não precisamos de muito para explodirmos num orgasmo brutal, tão desejado e tão sentido que nos deixa a tremer e sem reacção. Neste momento somos um e assim ficamos, deitados, abraçados, entrelaçados…
Acabamos por adormecer assim. A meio da noite levanto-me, visto-me e esgueiro-me para fora do quarto.
De manhã quando acordas sei que me vais procurar e não vou estar, e vais ficar na dúvida se foi um sonho pois não deixei marcas da minha presença. É neste momento que vais pensar para ti que devias ter tirado uma foto para imortalizar o momento, mas não será preciso…
Sonho ou realidade marquei-te a Alma…
E essa não esquece…

© Miss Kitty 2017 #69Letras

Deixar uma resposta