(sobre)VOAR(te)

Fazes-me acreditar na capacidade de voar…
Injectas em mim toda a vontade de me lançar de braços abertos,
Aproveitando cada segundo…cada sensação…cada imagem!

És a droga que me consome e a substancia que me cura…
Encontro em ti uma montanha russa das sensações, adrenalina, energia potencial pronta a rebentar… onde submetes o meu corpo às mais intensas forças….

És o porto de abrigo, onde me consigo refugiar de algumas das tormentas…
e reabasteço energias para enfrentar as mares bravias…
És tudo em segredo….e não és nada em público…
Tu sabes…eu sei….!

Gritamos em silêncio, este desmesurado e avassalador apego!
Não explicável…não entendível…
Inquestionavelmente insano….Imperiosamente extasiante!

Matas-me de desejo…ressuscitas-me a paixão...
Dás um novo sentido à palavra pecar…fazendo-me ansiar o inferno dos nossos corpos, unidos na loucura… as nossas almas pegadas na eternidade da memória.

Penso em ti e os meus lábios assumem aquele sorriso maroto, os olhos cerram um pouco, face à pornografia das imagens que me desfloram os sentidos…
Fazes-me estar junto ao precipício… o medo de cair, desvanece…
…eu adoro voar…

palavrasquequeimam         2017 #69Letras

Deixar uma resposta