Novos 15 Minutos

Este limbo de olhar nos teus olhos por 15 minutos e passar 15 dias sem falar contigo não é nada agradável, mas quando o fazemos é de facto algo diferente.

Alimenta-me falar contigo pois noto que me entendes, que não preciso de completar as frases que tu já estás com esse sorriso tímido e delicioso que me encanta.

Mas hoje não quero apenas falar, olhar e imaginar. Hoje quero sentir o calor da tua humidade, a doçura da tua língua e a força do teu beijo. Hoje não ficamos apenas pelo café e pelo cigarro, hoje é lanche, jantar e ceia, e com direito a sobremesa repetida. Hoje quero sentir o toque da tua pele a roçar bem forte na minha, quero ficar marcado com os teus dentes e com as tuas unhas. No meu interior quero que segures no meu coração da mesma forma que transportas os meu corpo e elevas a minha alma…

Hoje, quero que faças de mim teu, da mesma forma que eu farei de ti minha.
Não nos ficaremos pela sala nem pela cama, todos os cantos da casa são opções válidas para nos amarmos.
Dizes-me ao ouvido, “Sabias que gosto quando me saboreias em cima da mesa?” Eu sorrio e fico com a mão pronta para castigar o rabo com carícias e mimos de velocidade proibida.

Provocas-me, sorrindo lascivamente, dizendo “Demoras? Preciso que me laves as costas e me hidrates a pele.”
Ainda não te toquei e parece que já nos amamos à 15 vidas. Mas não, ainda só estivemos juntos 15 minutos e já nos imaginei 15 horas seguidas, esperando pelos próximos 15 anos contigo.

© O Vizinho 2017 #69Letras

Deixar uma resposta