Conversas sem palavras

Conto Erótico | M18

Desejos, vontades, cumplicidades…
Um leve encostar de lábios transforma-se num beijo apaixonado, que se transforma num toque, num abraço e dou por mim sentada na bancada da cozinha, molhada, desejosa, pronta…
Foi o roçar da barba no meu pescoço, foi o teu corpo que me lembrou o quanto me deseja, foi sem palavras que te pedi que me provasses…

Desceste e num só gesto estavas a explorar-me com a língua astuta que me conhece os recantos mas que teima em me redescobrir a cada encontro… Estou gulosa e as minhas ancas acompanham os teus movimentos, estou aberta, entregue, deleitada… Não páras e recompenso-te com um orgasmo que te prende entre as coxas e te afoga no meu prazer. Estou perdida e encontro-me no teu gemido de satisfação (eu sei que não há nada que te dê mais prazer do que me ter a gozar na tua boca)… Alívio a pressão e olho-te nos olhos que brilham de luxúria…

Sobes pelo meu corpo ainda degustando os resquícios dos meus fluidos misturados com o sabor da minha pele. Ah, como me sabes, como é simples…

Beijas-me a boca e puxo-te, deixando que deslizes para dentro de mim… Hum, se ele conhece o caminho para me levar, alto, longe e no entanto estar ali, colada e quase imóvel enquanto te recebo…

Dançamos, gosto de te sentir todo dentro de mim, lento mas guloso, meigo e esfomeado… Aumentamos o compasso, empurro-te, mais fundo, mais ávido, mais selvagem… Tens os dedos cravados nas minhas ancas e eu seguro-te pelas costas, com a boca junto ao teu ouvido, suspirando, gemendo… Quase desfaleço no teu abraço quando me venho outra vez, agrafada a ti com pernas e pés…

Seguras-me, somos um…
Sorrio, naquele sorriso que não precisa de palavras.
Beijo-te, naquele beijo que te fala das minhas vontades.
Abraço-te, deixo que o meu corpo fale com o teu…

Vamos uma vez mais na conversa que não tivemos, na conversa onde só os sentidos tiveram voz… Aumenta o volume… Logo te conto uma história…

© Vicky M 2017 #69letras

Deixar uma resposta