Talvez se te calasses ouvisses…

Longos os silêncios em que não há nada dizer… Não o silêncio do conforto, da compreensão, das palavras caladas…

Silêncio que pede que não sejam pronunciadas as palavras alheias que teimam em vir sem serem convidadas, que está enjoado das mesmas tretas, que revira os olhos e que manda o pensamento para um sítio feliz para que o sorriso amarelo resista, para que a tampa não salte e não a boca não exploda em sarcasmo afiado…

Cala-te de uma pπta vez e escuta o meu silêncio… Ele só quer paz…

© VickyM #69letras

Deixar uma resposta