Senhora do teu nariz!!

A festa estava no auge.
Copos , dança, música alta…
E aqueles risos que adoro ver…
Sorrisos soltos e abertos como resposta a uma frase dita ao ouvido,completamente imperceptível com o ruído….
Estava na hora de ir embora.
Longe vai tempo de encostar ao balcão com copo na mão.
E conversar era uma tarefa impossível.
A minha dança com ela já ia longa…
Sorrisos…
Olhares que se encontravam…
Pequenas piadas provocadoras…
Toda a dança de sedução tinha sido feita.
Não lhe deixei margem para dúvidas…
Estar ali a tirar rifas para ver a quem saia o prémio não é comigo.
Percebo que goste de ser o centro das atenções…
Fiz lhe sinal que me ia embora e aproximei-me
A mão que a segurou na cintura era tanto a minha afirmação de desejo como a minha fome de lhe tocar, a mandar nos meus gestos…
Puxei o seu corpo para junto do meu…
Dizendo ao ouvido…
“Tens o meu hotel na sms…
A chave fica na portaria.
Decide o que queres…”
Forcei- me a separar daquele cheiro de mulher…
Agradável…Intenso…
Os minutos até ao quarto
foram de vontades quentes…
“Nada que uma chuveirada não acalme…”
“Melhor que acalme…
Se aparece com aquele ar empertigado e desafiadora…!!!”
Senti as mãos pedirem aquele rabo firme e tonificado pelo exercício…
“Deve ser apetitoso…”
“Merda!! Esquece !!!”
Pensamentos, imagens despida…
O sono ia ajudar a desligar…
O quarto estava quente.
Uma toalha e
um livro bastava para me manter confortável um tempo.
Absorvido pela leitura, ouvi um “click”
“Olá de novo… Vim perguntar se te achas homem para mim! A tua lata !!!
Fiquei furiosa!!”
Disse com aquele ar que eu afinal até queria ver…
Levantei e fui ao seu encontro…
“Já passamos a idade da inocência e das novidades
Estamos no tempo das vontades…”
“Tu…escolheste vir…”
“Entra…”

©Read Mymind 2017 #69Letras

Deixar uma resposta