Estou farto de te falar em amor

Estou farto de te falar em amor, de beijos arrebatadores, do por do sol, de almas que se cruzam por aí em noites de nevoeiro e que se amam, que se entregam e que prometem invariavelmente aquilo que nunca poderão cumprir.
Não estou mais interessado em contemplar a tua presença com frases bonitas, com eufemismos desmedidos, daqueles que nos fazem corar de vergonha ao mesmo ritmo que um beijo se precipita.
Hoje quero apenas o teu corpo, quero apenas cada pedacinho da tua pele, cada suspiro que proferes, cada poro onde se esconde todo esse teu tesão.
Hoje quero apenas os teus gemidos, os teus ais, quero apenas os teus gritos tresloucados de prazer, assim como todos os impropérios que me chamas, quando à bruta, eu teimo em abusar de ti.
Hoje é só tesão, é só sexo, é só vontade, são só espasmos de prazer.
Hoje serão somente bocas invadidas pelos nossos sucos abundantes, daqueles que teimam em escorrer pelos nossos lábios cerrados, pelos nossos rostos.
Hoje nada é mais importante que a tua vulva dilatada, quente, húmida, que o meu membro duro encharcado nela, escondido bem fundo.
Hoje nada é mais importante que o teu rabinho empinado, com esse teu ânus guloso, empolgado, a desejar-me em ti.
Hoje sou teu, assim, sem floreados, apenas pelo tesão e pela vontade.
Vens? Demoras?
#PSassetti #69Letras 05.06.2017

Deixar uma resposta