Conversas fiadas, conselhos dados…

Minha amiga,
De peito,
De rabo,
De pernas,
De coração.
Tanta noite louca,
Tanta bebida desperdiçada no nosso corpo…
Meu bem obrigado, por seres parte de mim.
Fantasia escondida,
Beijinho inocente… quem nunca?
Não fujas.
Preciso de ti sempre.
Para chorar, rir e cantar.
Abraços e gargalhadas.
Conversas fiadas,
Conselhos dados…
Vira mais uma garrafa e chega-te a mim amiga.
Prevejo uma noite longa…
Mais uma não é?
Já viste… somos desejo de tantos, juntas ou separadas.
O terror da noite,
O ideal da sedução juntas.
Se soubessem de metade… nem queriam imaginar mais.
©Krishna 2017    #69Letras

Deixar uma resposta