As nossas escritas tecidas a sorrisos e mordidelas

Escreveste-me com inúmeros sentidos, escreveste-me movido por todos os sentidos…
Escreveste-me ternura, carícias, sonhos e projetos.
Escreveste-me paixão, tesão, fetiches e loucuras.
Escrevo-te movida por um coração que sinto palpitar na boca pelas ânsias de ti, por um desejo que não pára de crescer, por lamechices e fogo, pelo ronronar, pelos gemidos abafados, pelo doce cavalgar bem como pela canzana à janela… Escrevo-te completa…

Adoro a capacidade que tens de me arrancar o olhar mais doce num instante e no momento seguinte estás a acordar-me demónios com a barba a roçar-me a nuca… É lindo encaixar no teu abraço e no segundo a seguir passar a língua no lóbulo da tua orelha e deixar-te encabulado no meio da rua, todo tu desperto…

Deliro com a velocidade com que passamos da ternura à taradice pura, ainda não descobri a equação que faz exponenciar os beijos que começam doces e acabam picantes, falho em perceber como é que o toque que me acalma é também o que me incendeia e me dispara todos os alarmes…

Meu bem, foi sem intenção que teci a teia onde te dizes preso de bom grado… A que teceste em mim veio de dentro, de onde brotou silenciosamente o sorriso… Sim, esse sorriso…

Somos loucos? Sim! Cá eu ando louca…

© Vicky M 22.06.2017 #69letras


 SEX SHOP

Obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas! 69 novas formas de prazer!

Regista-te em www.aubaci/69letras

Deixar uma resposta