Almas Dispostas

Almas Dispostas … que se perpetuam!

Queria-te aqui, ao meu lado, olhos nos olhos, abraço apertado… Beijas-me na testa, eu fecho os olhos, sorrimos e seguimos viagem.

Viajamos para um lugar onde possamos ser nós, juntos, nem que seja um instante.

Mas que, seja o nosso instante… onde esperamos por voltar a respirar por breves momentos!

Respirar o ar fresco e limpo da montanha, em cada passagem da tua mão pelo meu cabelo ainda molhado!

Inspirar todo o ar existente no pouco espaço entre nós. Sempre que, eu te aperto a minha mão na tua perna, em jeito de quem toca em terra firme, depois de tanto tempo em alto mar!

Expirar profundamente devolvendo ao céu… toda a saudade que deixou em nós durante o tempo que estamos ausentes um do outro!

Essa saudade que não nos pertence.

Em nós apenas habita um sentimento genuíno, a vontade desenfreada de sentir a vida a percorrer cada milímetro da nossa pele… onde o GPS é a alma quem melhor o programa!

No meu corpo registas coordenadas de luz, em cada dedilhar das tuas mãos que acabam de atravessar a maciez da minha perna. Desejando serem conduzidas à estrada sem saída que se encontra mesmo no centro desse cruzamento alagado, que os teus lábios já fizeram questão de percorrer lentamente.

Por onde passas deixas tudo em alvoroço, deixas um rasto quente de desejo insaciável!

No meu olhar vive um ser selvagem e delicado, louco por se soltar, e quando se solta, apenas tem como destino saciar-te, saciando-se!

És o mapa perfeito onde constam os melhores sabores, as deliciosas texturas, os movimentos mais intensos!

Já tu…., é nas minhas curvas que escolhes atravessar.

Enquanto as tuas mãos vão se aventurando neste ponto do mapa, já o teu olhar avista duas dunas a brilhar por entre o sol que penetra pela janela.

A tua língua tranquiliza-te dizendo que sabe muito bem como lá chegar, sabe perfeitamente que terá de subir, subir e subir muito lentamente, em linha recta. E, que depois de lá chegar, faz questão de contornar vezes sem contas cada rotunda arrepiada e rija que encontrar.

E porque adora diversão, convida os teus dentes para juntos fazerem a paisagem pulsar!

Os meus lábios não resistem em beijar os teus, em sentir na primeira pessoa o teu sabor, no interior!

Já nenhum de nós precisa de olhar para o mapa.

Sabemos perfeitamente onde nos encontrar, como nos misturar!

Assim somos nós…

 

©MUSA 2017 #69Letras

Deixar uma resposta