Eu gosto é daquele amor que me desafia, mexe e remexe, sacode e agita, e faz o meu sangue borbulhar entre as certezas e incertezas, assim és tu, detentor das minhas emoções, quente chegada e fria partida. Tão depressa me enches de luz como me deixas vazia sem ela. Poderoso domínio, meu fascínio minha condenação.


Sinto! Sinto muito, sinto tanto em tudo o que é relacionado contigo, és minha inspiração e perdição. Quero-te! Não daqui até à lua, mas aqui, enrolados no chão acolchoados pelo calor profundo da terra, pecaminosos um no outro e um com o outro. Sem anjos, deuses ou eufuismos, apenas nus e crus.
Meus dias correm de forma normal. Sou mais uma pessoa no meio da multidão mas por dentro o espirito é diferente é efervescente!
Caminho quente e tesuda como se ainda me observasses, procuro na minha pele a lembrança do teu pecado tocando-me e esperando encontrar o ardor dos nódulos que as tuas mãos me deixavam no corpo cada vez que me amavas.
Bom dia! Boa tarde! Aqui ando eu, tão simpática doce e cordial, mas sabem lá…! A putaria que está dentro de mim e as saudades de me perder nela e com isto digo, perder-me em ti, por ti, debaixo ou cima de ti. Saudades de fazer parte da negridão cerrada que te cerca e me puxa… e se puxa, como mel às abelhas!

Gosto de mim contigo. Completa de corpo e alma. Sou outra. Uma pregadora do teu pecado sem emenda ou intenção de cura. Liberdade é o que me dás.
Ah! Fervo! Carrego-te! Só não te tenho
Tu! Meu belo homem és o romance sem luz que eu quero. És a vida na noite, o corpo que me rasga e reboriza as faces, a nudez que me eleva e me cobre saciando cada capricho, desejo ou vontade.

Talvez entre nós não nasça o amor, mas afinal o que é o amor se não um querer além do corpo e da mente? Gosto de ler romances e declarações de amor, mas não as quero. Gosto delas lá no papel, gosto do nosso entendimento lado a lado, olhar iluminado um do outro, corpo de livro aberto e alma e pensamentos partilhados. “Fonhonhice” já eu tenho que chegue dentro de mim, o que eu quero, é o que tu tens, o outro lado da moeda para jogar com a minha.

Quero-te a ti.

 © ?Cátia Teixeira, Vizinha 69 Letras 2016


Visita a nossa loja online e obtém 10% de desconto em todas as tuas encomendas! 69 novas formas de prazer!

www.aubaci.com/69letras

Deixar uma resposta