Juras eternas

Com juras eternas prendem-se duas almas, dois corações num só único amor.
Essa falta de ar sempre que o desejo toca ao de leve a loucura insana de dois corpos perdidos num mar de sentimentos mais fortes que a razão.

Há quem diga que é paixão, eu cá digo que é pacto de sangue subscrito a duas pessoas.

Coisa rara, difícil de encontrar e no entanto quando se tem torna-nos cegos sem caminho de volta a dar. Perdemo-nos e encontramo-nos no rosto de outrém. E quando damos por ela, morremos por essa pessoa. Lutamos seus ideais, lutamos pelas suas causas, sofremos suas dores em uníssono.

Como um só. E juntos a sós. No seu mundo, seu espaço.
Alimentando-se de nada mais que juras. Palavras largadas ao vento em que se afirma perante o mundo.

Sim. Eu sou “nós”. E nós somos um.

 

Autora da página Deusa Do Caos

©Miss Steel 69letras 2017

Deixar uma resposta