Tua falta…

Que bom já chegaste!

Morri o dia todo de saudades tuas,
Sair daquela cama sem te ver, foi doloroso
Abraça-me, 
Deixa-me sentir os teus lábios quentes
nos meus, 
Aconchega-me nos teus braços
Sussurra ao meu ouvido o quanto sentiste 
a minha falta.
Ama-me de novo naqueles lençóis
Faz o meu corpo vibrar de novo
nas tuas mãos.

Deixar uma resposta