Tens-me exclusivamente

Muitos tentam calçar os teus sapatos, estarem no teu lugar mas nem te chegam aos calcanhares.

Hoje escrevo exclusivamente para ti, meu amor.

Não digo vezes suficientes o quanto te amo. O quanto te admiro. O quanto te quero só para mim.

Jamais nossos filhos poderiam ter tido melhor pai e eu poderia ter melhor companheiro de lutas, dificuldades e devaneios.

Ninguém me amou como tu. Ninguém me puxa à terra como tu. Com mais nenhum seria feliz no nosso conceito de família e entrega de amor incondicional aos nossos filhos.

Claro que não te quero só hoje. Fica sabendo que te escolhi a dedo para me aturares até ao fim dos nossos dias.

Sei que também me amas. Está mais que escrito em cada snack que me preparas depois de um dia longo de trabalho ou ao deixares-me dormir mais um pouco enquanto preparas tudo em casa para mais um dia de azáfama típica das famílias grandes.

Amo-te e sei que me amas também.

Te casarias comigo outra vez?

 

©Miss Steel 69letras 2017

 

2 comentários a “Tens-me exclusivamente”

  1. Claro que sim meu amor, sabes que sim, sou louco por ti e quero acordar ao teu todos os dias, Olhar para ti para os teus olhos e beijar te como na primeira vez, amo-te

    1. Caro Gaspar.
      Essa é uma excelente forma de amar, mas essa mesmo só faz sentido se o destinatário for uma pessoa real, palpável.
      Miss Steel é uma personagem fictícia, assim como eu O Vizinho o sou, por isso aconselho a direccionar esse amor para alguém real de carne e osso.
      O Vizinho

Deixar uma resposta