Posso ser a tua Bad Girl?

Percorro cada traço das tuas tatuagens como se estivesse a comprovar se és real, se existes mesmo em mim dessa maneira tão intensa que só tu sabes ter.

Esse Bad Boy que aparentas ser não faz nenhum sentido quando te toco e te faço gemer de prazer, tornas-te doce como mel e delicado na medida certa, nunca perdendo aquela pegada que me arrebata e me deixa alheada de tudo, num jogo de gestos que me deixa na palma da tua mão numa entrega total.

Cada toque teu é de uma doçura divina que me faz delirar, cada beijo em que me afogo e fico sem fôlego desperta o meu lado rebelde e oculto, que desafia o perigo de me apaixonar, mas faz querer seguir contigo por essas estradas sem fim

Quase perco os sentidos neste querer que para mim nunca faria sentido, era algo que sempre quis evitar, mas esse teu jeito, esse coração tão livre e rebelde mas tão disposto a amar dá-lhe todo o sentido.

Rendo-me… Tens a Alma que já há muito tempo conquistaste, e o corpo que sabiamente despertaste, faz de mim tua, livre, meio louca, feliz, mas sempre tua, porque contra os sentimentos não se luta, abraçamo-los.

És o meu Bad Boy, deixa-me ser a tua Bad Girl…

© Miss Kitty 2017 #69Letras


Deixar uma resposta