Lavar a alma

Almas sujas e promiscuas, mitos ou desejos escondidos?

Não faço a mínima ideia mas duma coisa tenho a certeza! Mais tarde ou mais cedo, os corpos cedem às vontades alheias.

Num bailar qualquer de beijos indiscretos, existem sempre almas perdidas. Almas à procura do que não alcançam na serenidade das suas vidas.

Quando o espirito é rebelde, a alma penitencia o pecado. E onde há pecado, as almas elevam-se. Parecem quase atingir nirvana.

Como acalmar semelhante transtorno? Essa contradição de espirito que dificulta o apaziguar dos sentidos?

Ceder à batalha dos sentidos debaixo  do chuveiro parece-me uma excelente ideia. A culpa e o mau presságio escorre pelos corpos sedentos.

Fusão perfeita essa! Corpos de mentes sujas com almas límpidas que nem água cristalina.

©Miss Steel 69letras 2017 

Deixar uma resposta