Esse olhar…

E depois de tudo a única coisa que lembro é desse teu olhar.
Apenas desse teu olhar ….
Um olhar azul celeste, sedutor, promíscuo, faminto…
Só me lembro desse teu olhar carente.
Para mim, tu és esse olhar, um olhar profundo que me deixa constrangido… embora empolgado.
Só me lembro desse olhar único que me fez entregar-te tudo o que eu não sabia que tinha para dar, mas dei…. Sem reservas….
Mas sabes, dar-te-ia ainda mais, e todas as vezes que tu me pedisses assim, com esse olhar fixo e obcecado.
É esse teu olhar que procuro, quando em vão busco por ti nas minhas memórias, é esse olhar de pedinte que me exige resposta e não admite um não.
É esse olhar que me invadiu por completo, que se entranhou nos meus músculos, nos meus ossos, nas minhas vísceras e que me deu outras possibilidades de amar.
Um amar diferente, sem medo de enfrentar de frente o teu desejo através desse teu olhar maquiavélico e voraz.
E dou por mim a pensar no que quero…. no que desejo realmente…..no que aspiro….
E na verdade, apenas quero que tu me olhes…. dessa forma… perpétuamente…..

Deixar uma resposta