Doces castigos

Texto Erótico | M18 ??

Conheces-me, sabes que estou sempre pronta… Arrebatas-me, sentas-me no teu colo e fazes-me sentir o teu membro a crescer entre as minhas pernas…  Beijas com a intensidade de quem precisa, com a suavidade de quem aprendeu a saborear para de novo me puxares para ti e inalares o meu decote. Neste misto de necessidade, gosto e tesão pura arrancamos as roupas e ali estou eu, nua de corpo e alma a olhar nos olhos que se mostram também eles despidos… Sem tirar os meus dos teus e mexendo só as ancas, faço-te entrar em mim, não perdendo o teu calor colado no meu…

Como bom cavalheiro que és, deixas-me brincar ao sobe e desce enquanto pulsas dentro dela que se contrai para te acolher e quando te faço chegar ao limiar, assumes essa posição de macho gutural. Morde-me o pescoço, agarra-me pelas ancas e faz-me uivar à lua… Deténs-te por momentos a observar como as minhas costas fazem uma linha direta ao teu falo iluminada pela lua reflectida no suor que a pele acusa…

E castigas-me uma e outra vez, ora duro, ora doce… Fá -lo para teu prazer… Sussura-me uma barbaridade qualquer no ouvido e mata-me…

Faz-me vir uma e outra vez enquanto me tocas, me beijas e me mordes… Explodimos os dois por entre gemidos e grunhidos para voltarmos a ser nós… O meu corpo repousado no teu, os corações a compassar juntos a respiração animal a voltar ao normal e tu e eu, olhos nos olhos, carícia pura…

©VickyM #69letras

Deixar uma resposta