De pernas para o ar

Sei que sou torta! E não é por me mandares à cara que faz de mim mais torta ainda. 

Nunca ouviste dizer, o que nasce torto jamais se endireita?

Sei bem o que sou e tenho consciência do perigo eminente.

Como diz a grande sábia Madonna;

My love should be ilegal.

 

Por isso não tenho culpa! Se te excito, se te tiro do sério, se te faço lambusar-te de desejo, se te irrito, se te faço despir as calças, se te enervo… enfim!

Se arranco o pior em ti! Não tenho culpa! Porque eu não estou nem aí…

Não limito as minhas ações à tua existência, lamento. Sei que é um choque…

Eu sou FELIZ assim! Sendo eu! Na minha mais pura essência. Imperfeita cheia de defeitos, sim, mas genuína!  

Não finjo ser o que não sou! Não minto para bem parecer! E nem pretendo elevar-me aos céus quando tenho plena consciência da minha terrena e mundana existência.

Repito, para não haver duvidas, sou muito feliz assim!

Fiel a mim, aos meus sentimentos e ao meu coração.

©Miss Steel 69letras 2017 

Deixar uma resposta