Amizade com “benefícios”. Sim ou não?

Porque é preciso falar de sexo e porque é terça-feira, cá estou eu!
Desta vez, venho partilhar com vocês um estudo realizado por Heidi Reeder, da Boise State University, nos Estados Unidos, que conclui que 76% dos casos em que amigos têm relações sexuais, a sua amizade fica fortalecida.
Dos 300 entrevistados, cerca de 20% dos homens e mulheres afirmaram já terem feito sexo pelo menos com um dos seus amigos.
Incrivelmente ou não, 76% afirmaram que a amizade melhorou desde esse momento.
Ora, isto põe por terra a ideia mega romântica de que sexo fora de um relacionamento cheio de corações, flores e outras-coisas-fofinhas, leva ao desgaste emocional e consequentemente ao fim da amizade.

A meu ver, para quem souber e conseguir separar as coisas esse desgaste acaba por não acontecer. Ninguém deve nada a ninguém, logo nada melhor que uma sessão de sexo para aliviar o stress do dia a dia. Agora se uma das partes de apaixonar… É que a coisa complica!!! Começa-se a querer as tais flores, os tais corações, palavras bonitas, atenção, começam os ciúmes… E por aí fora!
Ainda assim, mesmo estudo revela que 50% acabou por começar a namorar com o “amigo com benefícios”. O amor acontece, não é verdade?

E vocês o que dizem? Sim ou não? Melhora ou piora a amizade? Seriam capazes de ter um relacionamento assim?

Contem-te tudo!

Kiss kiss, Aphrodite

 

 

Fonte: http://activa.sapo.pt/

 

 

1 comentário a “Amizade com “benefícios”. Sim ou não?”

  1. Pois que no meu caso tenho mixed feelings.
    Já tive uma one night stand com a minha melhor amiga e sim, fortaleceu imenso a nossa amizade. Entretanto casámos com outras pessoas e somos padrinhos de casamento (não à espanhola) um do outro e a minha mulher sabe, mas o marido dela não devido à sua personalidade e insegurança.
    Por outro lado, tive uma amizade colorida de algumas semanas com uma pessoa amiga e ela simplesmente “pensou” que eu me estava a apaixonar por ela (ou arranjou essa desculpa) e afastou-se. Por isso, não tenho forma de validar essas afirmações.

Deixar uma resposta