Acordei com apetites ….

 

É dia dos Namorados …
Acordei com aqueles apetites de te escrever…
Não sei o que nos somos mas até podíamos ser .
Apeteceu-me picar-te !
A esta hora já deves estar a correr para o emprego !
Mando-te uma mensagem de bom dia , pra testar a tua atenção….
E vens ao encontro da minha disposição…
respondes: “-Bom dia princesa Eva”
Respondo melosa :
“-Hummm , como eu gosto desse bom dia, ainda agora está a começar!”

Na minha cabeça já se alinham os pormenores do meu plano !
Às 10 da manhã ,envio uma mms:
um par de sapatos salto agulha 8 cm…
Respondes com um ponto de interrogação.
Às 12:00 nova mms: meias pretas com laços vermelhos.
Tu ligas , mas não atendo.
Mandas sms a perguntar o que se passa. Não respondo…
Às 14:00 nova mms: uma fita de cetim vermelho…
Já imaginas algo e nem questionas.
Às 16:00: um texto pequeno mas direto, com 2 frases nossas!
Nem respondes , mas consigo sentir o teu salivar…. Imaginas que tenha algo na manga!
Às 18:00, nova mensagem: demoras?!
E uma imagem bem sugestiva: as minhas pernas com as meias dos laços vermelhos e os sapatos agulha calcados.
Respondes : “às 20 estou em tua casa…”
Chegas pontual !
Encontras, a casa tem velas espalhadas pelos cantos e aromatizada com fragrâncias leves .
Pousas o casaco e tiras os sapatos.
Soltas a gravata e deixa-la na tua mão.
Entras na sala e espero-te encostada à mesa de jantar.
Vens até mim e pousas as tuas mãos na minha cintura.
Um beijo na face e os olhos percorrem todo o meu corpo apenas com as meias e os sapatos a fazerem parte da imagem.
Seios semi-expostos…e da cintura para baixo, tudo espreita por entre os lacinhos das meias…
A prender o cabelo, a fita vermelha, que o segura num farto laço…
Sussurras:
“-Estás belíssima !… ”

Côro …. vi no teu olhar que gostaste da minha surpresa !
Na tua postura , que dizes e defendes…
que está em ti e te faz ter gostos requintados na forma de te satisfazeres ,
deslizas os dedos pelos meus ombros e acenas com a tua mão um “fica aí”,
segues em direção ao quarto … !
Ouço as tuas roupas deixar a tua pele , ouço o duche .. ouço o teu descontrair no cair da água em ti .. mas estou ali , quieta , como Me ordenas-te… espero-te e imagino-te …. aumentando aquela vontade premente de te ter !
Banho demorado , que propositadamente provoca a minha mente !
Finalmente acabam os sons no quarto … precinto os teus passos na minha direção !
No silêncio…. Olhas-me , mais uma vez …
E no fim desse silêncio , retiras a fita do meu cabelo , soltando-o … e com ela vendas-me …
Sussurras-me:

“-fizeste com que passa-se o dia louco em pensamentos , a imaginar-nos e sem poder sentir-te na mente,
perturbas-te a minha concentração no trabalho!
Isso não se faz !
Ainda mais , um dia que nem podia sair para almoçar sequer !! E agora ?!
Acumulei desejos e vontades e vais senti-los todos de uma só vez … ”

Comprovarei tudo isso , eu sei….
(apeteceu-me sorrir de vitoriosa , contive , mas sorri discretamente no olhar )
Beijas-me por trás das orelhas …
seguras-me pela cintura , de costas para ti … as tuas mãos viajam na minha pele , procuravam os meus recantos …
… jamais ousaria parar-Te , porque ao senti-las liberta do meu corpo o desejo de ti !
Viras-me para ti …
Sinto o teu querer-me tua , nos teus gestos de domínio ,
O teu querer, de me teres a olhar-te fixamente ,
olhar que pede e implora que não pares !
Sinto que me controlas os sentires e não deixas que te resista…
E sussurras-me…

“-Devora-me que te tenho fome imensa …
Olha me nos meus olhos , agora !
Eles vêm-te tanto …”

Saboreio-te e olho-te …
Como tanto me gostas , sentes-me como o teu desejo pede !
A minha boca é o meu doce presente …
Enquanto me violas com os teus dedos ….
Espero que deixes cair essa postura de Sr que controla os sentires ,
E te rendas ao desejo… me agarrares nas ancas , descarregando em mim toda essa fome que transborda do teu olhar ….
O teu explorar dá lugar ao possuir….
A tua intensidade guia o desejo ,
A tua boca abafa os gemidos da minha !
Vivemos momentos frenéticos , intensos , suados … de desejo , de sexo , despojados de pensamentos controladores …
Sinto o teu calor entrar em mim …
Queria mais…
Deixo-te deslizar e mergulhar na minha profundidade,
Olhando te nos olhos ,
lendo Te todos os movimentos…
… Ohhh como te sinto …
os teus desejos e vontades de mim …
sinto que se esvaem por todos os poros do meu corpo ,
Sinto-te até à exaustão dos nossos corpos rendidos ….
Mais uma vez , a nossa urgência do querer , fez-nos esquecer os morangos e o champanhe….
Vou buscar , afinal temos a noite toda !

*My Sighs* #69Letras® 25.02.2017

Deixar uma resposta