O “rosto” para além do cancro

Na imagem Sofia Ribeiro

 

Confesso que já me tinha passado pela ideia de escrever sobre a doença terrível que é o cancro. Só não sabia como abordar um tema assim tão delicado e sensível.
Só depois de assistir a uma reportagem sobre a atriz Sofia Ribeiro é que se me fez luz! Precisamente o que me dificultava a falar no assunto, seria o pontapé de saída para abrir o diálogo.

CANCRO

Era como eu via o cancro. Uma palavra esfumaçada no meio do pudor e da falta de informação. Sem duvida que a ciência progride a cada dia que passa mas o tempo pareceu parar nas mentalidades e maneira de encarar certas doenças.
As doenças ruins, más ou terminais. As mesmas que provocam incómodo nas pessoas que por força de motivo maior têm de falar nelas. Porque ninguém fala delas de livre e espontânea vontade. Demasiado negro ou obscuro para se tocar sequer nesse assunto. Como se uma maldição recaísse, por razões desconhecidas, na vida dos que teriam de pagar uma penitência.
Maldições… Vergonha. Incómodo, então não se fala no assunto.

Maldição

Mas o que se faz então quando a maldição nos toca à porta? Ainda se pode ficar à margem do diálogo?
Será que nos é permitido chamar pela alcunha à maldição que se abateu?
Voltar as costas e deixar o suposto fim inevitável acontecer?

CANCRO

Cancro, é uma doença realmente que que ceifa vidas sem requisitos de cor, religião, credo ou ideais. Mas isso não justifica de forma alguma o pudor em tocar no assunto. Ele não desaparece ao ignorarmos ou fecharmos os olhos.
Há que enfrentar a besta de frente! Falar, resolver vidas e tocar com a vida para a frente. Quem passa por elas, agradece todos os pontos de abrigo possíveis. E as famílias muito mais… Porque estas também passam por tudo.
No cancro partilha-se a dor, as lagrimas mas também a esperança.

SOCIEDADE

Deixemo-nos de hipocrisias e de medos ignorantes. Larguem os olhares de coitadinho porque isso não ajuda em nada.
Comuniquem, uni-vos, abracem-se e preservem a esperança.
A união faz a força e a esperança mete um sorriso nos lábios.

MissSteel#69letras

Deixar uma resposta