Noites em branco, dias no escuro

Desde de sempre que me pertence, aquele ser humano…

Que mexe comigo de uma forma diferente, totalmente racional.
Não existe coração, amor já existiu numa era passada.
Mas hoje…
E todos os outros dias, é demasiado fisico.

Noites em branco,
Dias no escuro.


Um desejo incontrolável pela tua busca.
A tua presença é deveras única e rara, quando existida é demasiado aproveitada.
Não podemos conviver muito… a atracção é notada por quem nos rodeia, e o meu interior vibra ao ouvir a tua voz.
Sabes tu.
Sei eu.
Que és um perigo para quem está comigo.
Que tudo em ti estremece ao ouvir o meu nome.
Vamos aumentar a distância entre nós pff…
Prevejo problemas…

 

                                                                                       ©Krishna 69Letras 2017 

Deixar uma resposta