Não vás embora

As saudades fazem-me cair em tentação cada vez que voltas.
Há em mim a memória de todas as noites que passámos juntos, todas as asneiras que cometemos para fugirmos ao impossível, todas as palavras que trocamos quando o mundo se resumia a nós.
E hoje voltaste… E eu sou tão forte ao ponto de viver longe de ti, de me dar por vencida. Sou tão corajosa desde o dia em que desisti de ti. E sou tão fraca quando me apareces à frente, quando me beijas mesmo antes de eu ter tempo para te dizer que não pode ser.
Perco-me. Delicio-me. Apaixono-me por ti uma e outra vez, no mesmo segundo. É no teu corpo que eu me encontro quando abro os olhos e já não há ponto de retorno. Já embarquei na montanha russa que é amar-te e já só penso em nunca mais sair de ti.
É contigo que existe o melhor de mim, tão naturalmente extraído pela tua essência. Eu não exijo mais nada da vida, desde que te conheci.
Não vás embora…
Fica.

Raio de Sol | #69Letras

Deixar uma resposta