Fugazmente trauteando…

M18 ??

Mais uma noite… Por aí, mostrando a carne que queima, travando conhecimentos, brotando conversa regada a álcool… Um toque, um sorriso, um olhar e um beijo roubado no canto da boca… Vamos? Vamos!
É aqui que a mente me trai…
Beija bem, sim mas não com a fome de quem devora o mundo; mãos grandes e quentes, mas não fazem ideia que estão a pousar 2cm ao lado do que deviam; és tão giro, apetecível, sedutor, até sabes o que andas a fazer, não, não foi mau, foi óptimo, és lindo e fazia-te outra vez sem dúvida, se me vim? Claro que sim, achas que não me vinha com essa língua?? Deixas-me, cavalheiro, e caio… A culpa não é tua, nem dos outros… É minha por não arrancar aquilo de dentro de mim… Aquele encaixe perfeito, o beijo, o toque a língua… Aquela metade que julgo ser a minha mas que não sei e acho que não quero saber… Já foi, passou… Deixa-me provar outros sabores sem o teu debaixo da língua…


©VickyM# 69letras

Deixar uma resposta