Despida de preconceitos…

Olho nos teus olhos…
Procuro perceber a aprovação…
Esperança de ler alegria…
Satisfação e não comiseração…
Desejo de mim…
Sei que não falamos muito…
Que te te abafei as palavras com os beijos sôfregos…
Amarrei o teu corpo contra o meu sem deixar que preparasse defesas…
Preenchi de mimos e carinhos para que não sentisse frio e necessidade de se cobrir…
Amei te nua…
Quente…
Nos teus olhos quero ver os pensamentos parados…
Tal qual o teu corpo descansou em cima do meu…
Com esse cheiro a desejo que lhe semeamos…
Desculpa por te querer…
Assim…
Nua…
Despida de preconceitos e pensamentos longínquos…

©Read Mymind 2017 #69Letras

Deixar uma resposta