Deixa o meu corpo falar-te

Hoje e nesta cama te espero.
Tens um encontro marcado comigo, sei. Mas é o meu corpo que te irá fazer companhia. A minha alma vou deixá-la de parte. Ela não parece entender o que o meu corpo sente ao te ver.
Tanto a minha alma como o meu coração me dizem que não prestas. Mas o meu corpo se enamorou dos teus devaneios.
O teu toque tem uma reação química em todo o meu ser. Queima-me a alma, sim, mas sabe tão bem.
A forma como o teu corpo castiga o meu vai muito além do prazer. É paraíso tatuado em cada declive do meu espirito. Aleluia dos pecadores onde os amantes se evidenciam.
Por isso deixa. Deixa que seja o meu corpo a falar-te. Ele é incapaz de mentir-te. E jamais te esconde qualquer segredo.
Meu corpo não te nega. Não se afasta das tuas mãos ciosas do meu prazer.
Deixa-te levar. Não o ouves chamar-te? Gemendo, gritando poemas de excitação como uma louca.
Hoje é o meu corpo que te presenteia o melhor de mim.

©Miss Steel 69letras 2017 

 


Deixar uma resposta