Beijo com sabor a sal

Triste daquele que implora por um beijo de despedida quando outrora era algo tão banal entre dois seres que se amavam.
Ninguém deveria merecer tal sina. Há lá pior tortura que mendigar uma despedida doce e tranquila no mundo dos amantes. Quando as vontades se movem à velocidade da loucura cósmica. Depois da exaustão dos corpos de tantas batalhas travadas. Umas com gemidos de prazer outras com gritos mudos de desilusão e mágoa.
Ninguém deveria saborear um beijo tão ansiado com travo a sal das lágrimas.
Lágrimas que não passam de cicatrizes dum amor esgotado.
Porém vale a pena. Perder as forças num momento que perdura uma vida inteira, repleto de ensinamentos e sinais de aviso para amores futuros.
Peçam esse ultimo beijo. Implorem se tiver de ser.
Porque nesse beijo há uma esperança nova a nascer.
Há a aceitação da derrota numa guerra sem vencedores ou vencidos.
Há um breve render de armas onde impera sentimentos que haviam se perdido.
Beijos com sabor a sal, melhor deles é quando nem sequer tão pouco chegam a existir.

©Miss Steel 69letras 2017 

Deixar uma resposta