Vontades…

Mais uma noite, em que calo o desejo, na promessa de um beijo, que gostava tanto de dar, e as minhas dúvidas aplacar, sobre este amor sem sentido, porém tão apetecido, que me queima a Alma, me tira qualquer réstia de calma, em tudo diferente, por me seduzir o corpo, e despertar a mente.

Noite em que te desejo, o teu corpo é meu santuário, num momento imaginário, em que cada beijo se torna uma prece, que de longe te toca e o teu corpo estremece, como se me estivesses a sentir, antecipar o que está por vir, as loucuras ansiadas, por nós tão desejadas, que nos fazem corar e sorrir.

E neste momento vivido, imaginado e sem sentido, acabamos por nos render, ao amor e ao prazer, entre toques que decoram, desejos que afloram, os meus dedos são os teus, prazerosamente me tocam, me seduzem e provocam, e os teus dedos são os meus, numa dança de sensações, onde deixa de haver ilusões, explodimos de prazer, o impensável acaba por acontecer.

O meu corpo de ti transborda, sou o teu porto de abrigo, que por destino ou castigo, teima em tão longe estar, aguardo pelo teu amarar, nesta vida sem sentido que sigo, à espera do teu ancorar, para que as ilusões se tornem realidades, e saciemos de vez as vontades.

© Miss Kitty 2016 #69Letras

Deixar uma resposta