Um espaço vazio

Estou sozinha. Nua. Ajoelhada do chão. As mãos na cara amparam as lágrimas que me queimam a alma. Não existe nada à minha volta. Nada! Apenas um espaço vazio. Tão vazio como o meu coração.
Hoje o meu silêncio é tudo o que tenho para te dar. Já te dei o meu corpo, o meu amor, o meu prazer, a minha vida. Daria tudo mais por ti. Tudo! Mas o meu tudo não é suficiente.
A minha pele guarda em segredo a magia do teu toque. Sublime, único e viciante. Eu não quero mais nada da vida, a partir do momento em que tu caíste nela.
Não quero outra voz no meu ouvido. Não quero outras mãos a descobrir o meu corpo. Não quero outro calor misturado no meu. Não quero outros segredos. Não quero outra loucura.
Só te queria a ti, no caos que é a nossa vida. Na confusão dos meus sentimentos. Nos rasgos de lucidez que me assaltam os sonhos.
O mundo será sempre um lugar muito pequeno para nós…

Raio de Sol | #69Letras

Deixar uma resposta