Parede do prazer

| Conto Erótico | Maiores 18 |

 

Eu gosto de te ver arranjada para mim… Sou um homem bastante perverso… Sinto uma perversidade imensa no meu corpo quando aprisiono o teu corpo entre a parede e o meu corpo… Apetece-me cometer todas as loucuras mais indiscretas… Sobretudo quando vestes aquela lingerie… Usas aqueles saltos altos que te elevam o corpo… Dão –lhe uma forma mais sensual… Mais sexual aos meus olhos… É tão difícil controlar o meu instinto quando estou perto de ti… Apetece-me beijar-te os lábios, sentir o doce da tua língua contra a minha… E quanto mais te pressiono contra a parede… Mais sentes as minhas vontades crescentes… Apetece-me rasgar-te a camisa… Rebentar o soutien e expor os mamilos na minha frente… Enquanto seguro os teus pulsos acima da tua cabeça… Apetece-me por vezes ser mau e sorver eles sem piedade… Beijar e mordiscar ate ficarem bem espetadinhos… Depois é baixar mais o nível e subir o interesse… Soltar a saia e deixar cair aos teus pés… Tocar-te com os dedos… Sentir o teu calor e humidade na ponta dos meus dedos… Enquanto te beijo de forma mais vigorosa… Mais esfomeado de ti… Do teu corpo… Sacia-me… Dá-me prazer… Solto os teus pulsos… Viro-te contra a parede… Saber que os teus mamilos duros contra a parede fria… Segurar os teus cabelo de forma tensa… Medir o teu rabo com os meus olhos e deixar cair aquela palmada de propriedade… És minha esta noite… Chupar o teu pescoço… Deslizar a língua pelas tuas costas… Centímetro a centímetro até acabar nas tuas nádegas… O poder trincar… O poder desviar as cuecas… Brincar com os dedos em ti devagar… Sentir o teu calor… A tua humidade que te escorre… A fome… Faz-me levantar… Livrar das minhas roupas e apontar-me a ti e possuir-te profundamente enquanto te seguro pela anca e puxo os cabelos na minha direcção… Movimentar-me lentamente dentro de ti… Sentir todo o teu calor… Ouvir todos os teus gemidos… Voltar a encostar-te na parede… Soltar o teu cabelo e segurar nas tuas ancas e a possuir-te ferozmente… Os teus gemidos passam a gritos de gozo… Gritos de prazer… Violento te possuo ali mesmo sem perder o ritmo… Por fim… Os gritos terminam num caos de prazeres… As tuas costas arranhadas na minha frente e o teu corpo pressionado contra a parede… Viro-te para mim… Beijo-te… Quero mais….

 

NMauFeitio #69Letras

Deixar uma resposta