Mapa da memória

| Conto Erótico | Maiores 18 |

 

Ontem baldei-me… Ontem tentei horas a fio e não consegui… Não me saia nada da alma… Parecia que tinha um vazio que não se preenchia… Quando bate… Bate forte… É como uma perda de memória… É como esquecer o teu olhar… O teu sorriso… A tua face… O teu pescoço… Deu-me uma branca tão forte que não me consegui lembrar de nada… Tentei ler para me recordar… Das palavras que nunca te disse… Mas não consegui… Imaginar o pescoço que já beijei milhares de vezes… Os mamilos que deviam ser medidas exactas dos meus olhos… O teu sexo que devia ser gravado no mapa da minha alma… Simplesmente não me lembrava de como ir até ti… Não me sentir competente… Não sentia confiante… Não me sentia arrasador… E quando assim o é… Ficar sozinho é a solução… Dormir sobre o assunto… Adormecer enquanto sinto o cheiro do shampoo do teu cabelo na minha almofada… Sentir o perfume da tua pele nos meus lençóis… E acordei hoje de manhã… Ainda não sei se me lembro… Sei que senti o teu cheiro e fiquei excitado… Com vontade de te possuir… Fechei os olhos… Deslizei a mão ao meu sexo… Imaginei-te comigo… Toquei-me suavemente enquanto te beijava… Sentia o vigor da minha imaginação… Duro como tudo… Vontade de te possuir… Sentir-te sentada em mim… O teu corpo dançava no meu com uma eloquência vibrante… O ritmo aumentou… Os lençóis desapareceram… Os gemidos de gozo começaram… A luta começou tentando resistir ao inevitável… Sentir o teu cheiro enlouquece-me… Deixa-me completamente doente de fome de ti… Por mim… O orgasmo… Violento… A explosão… O relaxar… Abrir os olhos… E não estavas ali… Estava apenas eu… E um desperdício… De prazer… Toalha para cima e sai da cama… Com mais vontade de te ter comigo… Cambaleante do orgasmo chego ao quarto de banho… Abro a torneira da banheira… Agua quente… Preciso de acordar do sonho… Que fome de ti… A agua quente que me escorre corpo abaixo… Fazem-me fechar os olhos novamente… E altos valores se elevam… O nosso ultimo banho… Os dois… As brincadeiras… Os beijos… As caricias… A fome… Voltou… Toco-me novamente… Tu deixas-me louco de ti… Estou a explodir de fome de ti… Ali mesmo contra os vidros do chuveiro… Entrei em ti sem pedir licença… Os gemidos que me entram na memória… Os toques que sinto no meu corpo do teu corpo… O calor dá agua misturado com o calor do teu corpo… Os nossos gemidos de gozo e prazer… Forte e intenso… O caos que nos percorre escorregando e recuperando o equilibro… Deslizando um no outro… Um dentro do outro… Prazeres mundanos… Saborosos… E mais uma vez o sabor da derrota… O orgasmo violento que me sacode a alma… Mais uma vez abro os olhos… Não estás ali… Mas já me lembro do mapa…

 

NMauFeitio #69Letras

Deixar uma resposta